MINFRA garante recursos para rodovias em Santa Catarina: "Vamos botar a máquina na pista"

DNIT/Divulgação

Segundo Tarcísio Freitas, estado catarinense possui a maior destinação de recursos federais para manutenção e ampliação de rodovias como a BR-470 e a BR-163

Google News
O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, afirmou nesta quinta-feira, 3 de fevereiro, que Santa Catarina é a unidade federativa com com o maior volume de recursos da União previstos para manutenção e ampliação de rodovias federais. Somando-se verbas do Governo Federal e estaduais, são R$ 831 milhões disponíveis para obras de infraestrutura em transporte.

Presente em reunião com o Fórum Parlamentar Catarinense, Tarcísio também destacou que a atual gestão recebeu a BR-470, rodovia importante para o escoamento da produção industrial do Vale do Itajaí e do Alto Vale catarinense, sem nenhum trecho duplicado. De lá para cá, mesmo com as restrições orçamentárias dos últimos anos, foi possível duplicar a capacidade da rodovia por 50 quilômetros.

Aos parlamentares, o ministro afirmou ainda que fará uma cobrança intensa e permanente aos envolvidos para que o cronograma de entregas seja cumprido. “Vamos botar a máquina na pista. Então vou chamar as empresas, se não for suficiente, vou punir as empresas, se não fosse suficiente vou substituir essa empresa porque assim tem que dar resposta porque dinheiro tem”, ressaltou.


Entrega de rodovias
De acordo com o Ministro da Infraestrutura, para os meses de fevereiro e março, estão previstas entregas de 14 obras realizadas em rodovias federais. Na BR-163, a liberação no lote 2 de 7 quilômetros de recuperação de pavimento e de vias laterais construídas, além de rotatórias no município de São José do Cedro (SC). Na BR-280 o desbloqueio de 3,7 quilômetros de duplicação e do contorno de Jaraguá do Sul (SC). Já na BR-282, 1,2 quilômetro de terceira faixa.

Já a BR-470 conta o maior número de obras com entregas previstas para os próximos dois meses. Serão 6 quilômetros de duplicações em três lotes, mais de 54 quilômetros de trechos recuperados e restaurados em três trechos e a liberação dos viadutos de acesso às cidades de Gaspar (SC) e Indaial (SC).

Com informações: MINFRA

Postar um comentário

0 Comentários