Mammoet movimenta cargas de até 2.200 toneladas no Brasil

Mammoet/Divulgação

96 linhas de eixo com sistema de elevação hidráulica foram empregadas no deslocamento e embarque de sete módulos de plataformas de petróleo no Rio Grande do Sul

Google News
Referência mundial no transporte e movimentação de cargas indivisíveis, a Mammoet marcou presença no Brasil e concluiu em 2021, o deslocamento e embarque de um impressionante lote de sete módulos de plataformas de petróleo. Produzidos pela offshore Estaleiros do Brasil Ltda. (EBR) no Rio Grande do Sul, os equipamentos partiram da cidade de São José do Norte (RS) para operações no exterior.

A impressionante operação de logística foi dividida em duas fases. Na primeira delas quatros módulos foram movimentados e embarcados no estaleiro gaúcho. Meses depois a segunda fase, responsável pelo deslocamento e embarque dos três módulos restantes do contrato, foi colocada em prática. Cada um dos módulos chegou a pesar até 2.200 toneladas


Entretanto, ao contrário do que se imagina, o deslocamento dos super componentes não foi uma tarefa simples. Devido ao número limitado de pontos de elevação em cada um dos módulos e a falta de tempo para reforçar a estrutura, a Mammoet recorreu a um processo até então inovador. 96 linhas de eixos com sistema de elevação hidráulica foram empregadas na suspensão de cada um dos módulos e deslocamento pelo cais do estaleiro. A operação também contou com a mobilização de colaboradores de diferentes países das Américas.

Mammoet/Divulgação
Segundo a empresa holandesa, a escolha do método entregou resultados acima do esperado, como por exemplo, a conclusão da primeira fase em apenas 12 dias, ao contrário dos 15 dias previstos inicialmente.

Toda a operação logística se repetiu na segunda fase, que inclusive contou com o deslocamento do maior módulo de toda operação, pesando 2.200 toneladas e medindo mais de 29,9 metros de comprimento e 37,4 metros de altura, confirmando assim o acerto na escolha dos equipamentos e dos processos adotados.


“Um dos maiores desafios da Mammoet foi o tempo de mobilização, pois nos pediram para entregar com muito pouca antecedência e os equipamentos necessários estavam em vários locais do Brasil.", explica o Gerente de Projetos da Mammoet, Alvaro Campos. "Conseguimos colocar tudo no local a tempo graças ao trabalho árduo de uma equipe muito profissional e conseguimos uma execução segura que foi elogiada muitas vezes por nossos clientes finais, trazendo-lhes muito alívio.”

Mammoet/Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários