Governo Federal abre votação para escolha de novo modelo de placa preta padrão Mercosul

Governo Federal/Reprodução

Brasileiros terão até o próximo dia 21 de novembro para votarem no modelo favorito; nova placa será exclusiva para uso no território nacional e para veículos com no mínimo 80% de originalidade

Após uma série de adiamentos, polêmicas e discussões, as placas Mercosul se tornaram uma realidade no trânsito brasileiro a partir de 2020. Entretanto, o novo modelo de identificação veicular trouxe uma mudança que desagradou de forma considerada a comunidade de colecionadores, o fim das tradicionais placas pretas.

Mas agora, uma recente medida do Governo Federal reacende a esperança pelo retorno das icônicas placas veiculares com fundo preto. Na última sexta-feira, 22 de setembro, o Ministério da Infraestrutura abriu uma Consulta Pública para alterar a Resolução nº 780/2019 do CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito) e estabelecer um novo design para as placas de veículos de coleção. 


Por meio site Participa + Brasil, os brasileiros poderão escolher entre dois modelos disponíveis para votação e ainda sugerir alterações no texto da nova Resolução que colocará em prática a mudança no sistema de identificação de veículos de coleção com no mínimo 80% de originalidade. As duas opções são:

Governo Federal/Reprodução
Segundo o Governo Federal, a abertura de uma consulta pública para restabelecer as icônicas placas pretas vai de encontro com "um dos pilares em que se sustenta o processo regulatório da Secretaria Nacional de Trânsito (SENATRAN) e do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN)", a participação social.


Como participar
Os brasileiros interessados em participarem da Consulta Pública e escolherem um novo modelo para as placas pretas, devem acessar a página oficial do Participa + Brasil e realizarem as contribuições que considerarem importantes, bem como votarem no modelo favorito. O prazo para participação se encerrará no próximo dia 21 de novembro. É necessário cadastro na plataforma Gov.br

Participa + Brasil: CLIQUE AQUI


Postar um comentário

0 Comentários