IVECO A gente nao para

RCR adquire 49 ônibus Mercedes-Benz para fretamento no Maranhão

Mercedes-Benz/Divulgação

No final do ano passado, a RCR Locação já havia recebido 123 novos ônibus da marca para renovação de uma frota 100% Mercedes-Benz de cerca de 530 veículos para novos contratos

A Mercedes-Benz realizou uma nova venda de ônibus para a RCR Locação, cliente tradicional da marca há 24 anos, que atua no setor de fretamento contínuo e eventual nas regiões Nordeste e Norte. A nova negociação envole 49 unidades, sendo, nove do modelo OF 1724 já em operação e 40 do chassi OF 1721 em processo de encarroçamento, com previsão de entrega no mês de maio. No primeiro trimestre deste ano, a empresa também adquiriu 14 vans Mercedes-Benz Sprinter, modelo 416 CDI, para a matriz em Recife.

Equipados com carroceria Marcopolo, as 49 unidades serão empregadas em operações de fretamento contínuo no transporte de funcionários de empresas e indústrias da Região Metropolitana de São Luís. Unidade de negócios do Grupo Parvi, a RCR atua em Pernambuco, Bahia, Maranhão, Ceará, Pará e Amazonas.

O novo lote da RCR se junta aos 123 ônibus adquiridos entre outubro e novembro do ano passado, reforçando assim o compromisso de sempre renovar a frota de cerca de 530 veículos, 100% da marca Mercedes-Benz.


“Desde o início das atividades da RCR, há 24 anos, só trabalhamos com Mercedes-Benz”, afirma Danilo Queiroz, gerente operacional da empresa. “Além da qualidade, durabilidade e confiabilidade dos produtos, os ônibus da marca são de fácil manutenção, o que nos garante a disponibilidade da frota, e também nos oferecem um excelente custo operacional e um ótimo valor de revenda”.


Queiroz lembra que a renovação constante da frota é um compromisso da RCR. “Isso é essencial para podermos sempre oferecer aos clientes um alto nível de qualidade, conforto e segurança aos seus funcionários na ida e na volta ao trabalho. Aliás, com foco em mais segurança, parte dos novos ônibus sairá de fábrica com retarder, potencializando a força de frenagem dos veículos e aumentando a proteção dos passageiros e motoristas”.

Ainda segundo o cliente, o segmento de fretamento está aquecido no Nordeste, com expansão também para o Norte. “Atividades como mineração, movimentação nos portos, indústrias, alimentos, bebidas e outras estão demandando ônibus para transporte de colaboradores. A pandemia influencia também, devido às recomendações de distanciamento. Para isso, alguns de nossos ônibus já contam com cortinas separadoras entre as poltronas, além das medidas de limpeza e higienização”, conclui o gerente. 

Mercedes-Benz lídera vendas no segmento de fretamento
“Assim como no ano passado, o segmento de fretamento segue aquecido no Brasil em 2021”, informa Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. “Isso se dá por conta do fretamento contínuo das empresas que, para se adequar às medidas de segurança em relação à Covid-19, tiveram que aumentar o número de ônibus para reduzir a quantidade de pessoas por veículo, garantindo assim o distanciamento dos funcionários. É importante ressaltar que o crescimento do segmento se dá também por setores específicos da economia que apresentam boa performance como energia, agro, saúde, mineração, construção, tecnologia e serviços”.

Somente no primeiro quadrimestre de 2021, a Mercedes-Benz emplacou 376 unidades, mais do que o dobro das 145 unidades durante o mesmo período de 2020. Além de garantir à marca a liderança absoluta, o número representa uma participação de mercado de 59% no segmento de fretamento.

Mercedes-Benz/Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários