Ministério da Infraestrutura entrega mais 22 quilômetros de pistas duplicadas da BR-101 na Bahia

DNIT/Divulgação

Com duplicações na BR-101, Governo Federal supera 180 quilômetros de novas pistas na Bahia

A logística de uma região com fábricas de grande porte ganha um reforço do Governo Federal a partir desta segunda-feira (26). O Ministério da Infraestrutura, através do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), entregou mais 22 quilômetros de pistas duplicadas da BR-101, na Bahia, a partir do entroncamento com a BR-324 em direção à divisa com Sergipe, referentes aos lotes 1, 2 e 4. O evento contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Com a liberação, o motorista passa a contar agora com 58 quilômetros de pistas com capacidade ampliada no estado. No total, o Governo Federal entregou mais de 180 quilômetros de novas pistas na Bahia, em 2021. “Essa é mais uma duplicação que vai potencializar a logística não só deste estado mas do Brasil inteiro. Uma duplicação que vai se integrar também ao que vem sendo realizado no restante da Bahia e contribuir com o crescimento do Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia)”, destacou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, lembrando ainda da recente concessão da FIOL, que injetará mais de R$ 3 bilhões em infraestrutura no estado.

Nos quatro primeiros meses de 2021, além dos 22 quilômetros duplicados, o MInfra e o DNIT entregaram 77 quilômetros de pistas pavimentadas da BR-235/BA, 67 quilômetros de adequação da BR-135/BA e 16 quilômetros de duplicação da BR-116/BA.


OBRAS REALIZADAS 
Entre os lotes entregues, o 4 é de grande importância pela ligação rodoviária aos grandes polos comerciais e industriais do estado, como Alagoinhas, Pedrão, Teodoro Sampaio e Conceição do Jacuípe. Nele, as equipes do DNIT atuaram na duplicação de mais seis quilômetros, entre os km 158,5 e km 164,5. Uma região conhecida pela quantidade de fábricas de grande porte, como cervejarias. Um ponto estratégico de logística por se conectar à BR-324/BA, que liga a cidade de Feira de Santana até a capital Salvador.

O lote 1 da BR-101/BA ganhou mais cinco novos quilômetros duplicados, entre o km 36,6 e km 41,6. Com isso, o segmento passa a contar agora com mais de 27 quilômetros de pistas amplas e mais seguras. No lote 2, outros 11 quilômetros foram abertos ao trânsito, do km 67,8 ao km 78,8, totalizando mais de 24 quilômetros de melhorias. Os trechos servem aos municípios de Rio Real, Aporá, Timbó, Esplanada e Entre Rios.

A BR-101 é um dos principais corredores rodoviários do Brasil, atravessando 12 estados, cortando o país de Norte a Sul, e com um fluxo diário de mais de 12 mil veículos – 60% relacionados ao transporte de cargas. Durante a atual gestão do Governo Federal, também já ocorreram duplicações na BR-101 ao longo dos estados do Espírito Santo, Alagoas e Sergipe.

DNIT/Divulgação
FONTE: DNIT

Postar um comentário

0 Comentários