IVECO não será vendida para chineses

Após uma extensa negociação e inúmeras especulações, o Grupo CNH Industrial confirmou que não venderá a IVECO para a empresa chinesa, FAW Jiefang. O encerramento das negociações foi confirmado por um comunicado oficial divulgado neste mês.

"A CNH Industrial confirma que encerrou as negociações com a FAW Jiefang no que diz respeito aos negócios On-Highway da Empresa e continua com seus planos existentes de cisão dessas atividades no início de 2022.", afirma em nota.

As negociações entre as duas empresas tiveram início em 2020. Na época, os chineses realizaram uma oferta preliminar de US$ 3,6 bilhões. Entretanto, o valor foi considerado muito baixo pela CNH Industrial. Posteriormente, uma nova oferta de 4,2 bilhões foi realizada, mas também insuficiente para conclusão do negócio.


Segundo informações, a FAW Jiefang estaria interessada na aquisição total dos negócios de veículos comerciais da IVECO, o que inclui caminhões e ônibus, além da participação da marca na FPT, divisão de motores do grupo italiano.

Em nota, a CNH Industrial reforçou ainda a confiança na linha de veículos comerciais da IVECO. "A CNH Industrial acredita que há oportunidades significativas para desenvolver seus negócios On-Highway, acelerando a implantação de soluções e infraestrutura de transporte cada vez mais sustentáveis, em linha com as ambições do Acordo Verde da UE", conclui.


Postar um comentário

0 Comentários