Estrela das Estradas


Casas Scania

IVECO A gente nao para

Tora investe R$ 10 milhões para dobrar armazenamento e agilizar a logística de importação de vacinas

Diego Filipe Mattos Camargos
Atenta ao início da vacinação contra a Covid-19 (Coronavírus) na Europa e as perspectivas para o Brasil em 2021, a Tora, uma das maiores empresas de soluções logísticas integradas do país, acaba de confirmar um investimento de R$ 10 milhões para dobrar capacidade de armazenamento refrigerado e agilizar a logística de importação de vacinas.

Segundo a empresa mineira, o aporte significativo que visa atender as instituições governamentais com eficiência logística no Sudeste, se concentrará no recinto alfandegado CLIA (Centro Logístico Industrial Aduaneiro), localizado em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, que possui infraestrutura de 75 mil metros quadrados de armazenagem, estrutura para cargas refrigeradas e contêineres, além de ramal ferroviário. Com a expansão, será possível armazenar cerca de 7 milhões de doses de vacinas.


De acordo com o diretor comercial da Tora, Márcio Medina, a empresa já tem experiência na operação logística de vacinas no Brasil, que inclui o recebimento da carga importada em aeroporto, transporte com DTA (Declaração de Trânsito Aduaneiro) para o Clia e armazenamento em câmara fria com acompanhamento de profissionais para a manutenção da qualidade dos produtos. "Desde 2019, somos os responsáveis pela logística da vacina contra a Meningite C para a Fundação Ezequiel Dias (Funed)", afirma.

A vasta expertise da empresa é reforçada pela operação logística de cerca de 2 milhões de testes de Covid-19 durante a pandemia e movimentação de kits de EPIs e outros itens para o combate à doença. "Além de termos toda a estrutura logística para atender as instituições governamentais, estamos mobilizados enquanto cidadãos para apoiar a população brasileira a superar esse momento", ressalta Medina.

Diego Filipe Mattos Camargos
Caminhões e Carretas

Postar um comentário

0 Comentários