Publicidade

BYD entrega 246 ônibus elétricos na Holanda

BYD/Divulgação
A BYD, fabricante líder mundial de ônibus elétricos, começou a entrega do maior pedido único já realizado na Europa, para a Keolis Nederland BV, a subsidiária holandesa do operador global de transporte público, Keolis. A entrega inicial da BYD foi de 246 ônibus de piso baixo, parte de um pedido total de 259 veículos, que entraram em serviço ontem, 13 de dezembro, com rotas em Zwolle, Apeldoorn, Ede, Dedemsvaart, Vaassen, Harderwijk e Deventer na região de IJssel-Vecht do país. Os demais veículos estão programados para entrega e início de operação na primavera de 2021.

A nova frota ônibus totalmente elétrica e de emissões zero da BYD dará uma grande contribuição para a redução das emissões de gases de efeito estufa. A Keolis calculou uma redução anual de CO2 de mais de 15.755 toneladas.

Apesar das restrições trazidas pela pandemia de coronavírus, a frota de ônibus da BYD foi entregue no prazo e de acordo com os cronogramas de produção pré-pandemia. Um processo de produção extremamente eficiente dos ônibus elétricos foi alcançado por uma abordagem integrada em toda a cadeia de suprimentos da BYD e seus vários locais de fabricação, incluindo a instalação de produção do ônibus da unidade da BYD Hungria.

A frota da Keolis compreende modelos de ônibus de 12 e 13 metros da BYD. O modelo de 13 metros se beneficia da nova tecnologia de bateria da BYD para fornecer autonomia estendida e capacidade de “cidade a cidade”. A maior parte da encomenda da Keolis, 206 veículos, é composta pelo modelo de 12 metros, o mais vendido da BYD. Todos os modelos de 12 e 13 metros apresentam DC Combo 2 e capacidade de carregamento de pantógrafo.

Todos os veículos são equipados com iluminação ambiente, portas de carregamento USB e cobertura de piso à prova de som. Além disso, os modelos de 13 metros possuem assentos com MMC (Controle de Multimídia) para oferecer conveniência incomparável aos passageiros, incluindo uma luz de leitura, um suporte para telefone e uma bandeja dobrável.


A segurança e o conforto do motorista também são aumentados com câmeras panorâmicas, que fornecem ao motorista uma visão de 360º do ônibus. O ônibus também conta com um banco do motorista elétrico, com cartão de memória, que armazena as posições dos bancos para vários motoristas e permite um ajuste automático rápido e fácil.

O CEO interino da Keolis Nederland, Marc Renouprez, está muito satisfeito em apresentar a maior frota de ônibus elétricos da Europa, “Com o apoio da BYD, a Keolis está ajudando as autoridades de transporte nas províncias de Gelderland e Overijssel em sua transição verde ao implantar esta frota elétrica, tornando a região de IJssel-Vecht um lugar mais saudável para se viver e trabalhar. É, portanto, um marco importante para a Keolis, mas também para os nossos passageiros, nossos parceiros e a região”, afirma o executivo.

“Selecionamos a BYD graças à excelentes experiências na província de Utrecht e na cidade de Almere. Os veículos contam com a aprovação total de nossos passageiros e de nossa equipe, e isso é muito importante. Temos total confiança na experiência da BYD como fabricante no desenvolvimento e manutenção da tecnologia de veículos elétricos, e também estávamos confiantes de que a BYD garantiria que a entrega da frota fosse executada no prazo”.

“Este é um dia de orgulho para a BYD e para a Keolis”, disse o diretor administrativo da BYD Europe, Isbrand Ho. “Desenvolvemos uma solução de transporte com a elétrica em seu coração. Esta frota representa uma mudança radical para o transporte público na Holanda, o início do que é uma contribuição massiva para a redução das emissões de carbono no país. O futuro do transporte público deu um passo significativo hoje”, disse ele.

Para Adalberto Maluf, diretor de Marketing e Sustentabilidade da BYD Brasil “Os ônibus elétricos são importantes instrumentos para reduzir a emissão de poluentes e gases do efeito estufa em nossas cidades. A entrega de 246 ônibus elétricos ao operador de transporte público Keolis Holanda, a maior entrega única já feita na Europa, demonstra que a eletromobilidade veio para ficar no velho continente também”, afirma o executivo brasileiro.

BYD/Divulgação
FONTE:
BYD

Postar um comentário

0 Comentários