Publicidade

Agropecuária de Rondônia aposta em caminhões Volkswagen

VWCO/Divulgação
Responsável por uma produção bruta de R$ 7,2 bilhões somente em 2019, a pecuária bovina, incluindo a produção de leite do estado Rondônia tem apostado nos caminhões Volkswagen para reforçar e otimizar as operações de transporte.

Somente de janeiro a outubro deste ano, apenas a Buriti Caminhões, localizada na capital do estado, Porto Velho, foi responsável pela comercialização de 75 modelos da marca para operações de transporte de leite entre as propriedades rurais e laticínios do estado, na chamada “Rota do Leite”.

“Temos demanda durante todo o ano, uma vez que a atividade é fundamental para a economia de Rondônia. Percebemos, inclusive, um aumento da procura, já que a agropecuária tem se fortalecido no Estado, crescendo quase 6% entre 2018 e 2019 ”, afirma Yedda Assumpção, gerente de vendas da Buriti.


Realizado em todo o território de Rondônia, através de uma malha rodoviária de mais de 5,6 mil quilômetros de extensão, o transporte agropecuário da região enfrenta longos trechos sem pavimentação, situação que se torna ainda mais comum nas zonas rurais. Diante desta realidade, os modelos mais comercializados para esse transporte são da linha Constellation Robust, com os modelos 14.190, 17.190 e 24.260, equipados com sistema EGR, que dispensa o uso de Arla 32; cabine ampla e confortável e capacidade de carga superior à dos concorrentes diretos.

“O Brasil é formado por várias realidades. Os veículos da Volkswagen Caminhões e Ônibus estão preparados para todas elas. Mais do que isso, nossos clientes podem contar com nossa assistência 24 horas em qualquer lugar do país”, afirma Ricardo Alouche, vice-presidente de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da marca.

VWCO/Divulgação
Caminhões e Carretas

Postar um comentário

0 Comentários