Grupo Pra Frente Brasil adquire 92 caminhões Scania

Scania/Divulgação
Com o objetivo de renovar e ampliar a frota dedicada ao transporte de alimentos refrigerados e combustíveis, o Grupo Pra Frente Brasil anunciou a aquisição de um lote de 92 caminhões Scania.

“O Grupo Pra Frente Brasil é um cliente tradicional da marca e continua confiando nos benefícios da Nova Geração Scania, que está economizando, no mínimo, 15% de combustível em comparação à gama anterior”, afirma Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Soluções da Scania no Brasil. “Trata-se de um cliente muito importante para a Scania e que também está registrando ótimos resultados com a conectividade. É um exemplo de gestão com visão de futuro. Temos certeza que a nova frota trará ainda mais vantagens para o grupo.”

“Todo começo de ano organizamos uma programação. Em 2020, a nossa previsão era comprar de 80 a 90 caminhões. Nos 15 dias mais críticos da pandemia, acabamos segurando um pouco o investimento. Mas, depois seguimos com a compra, dando continuidade aos nossos objetivos”, explica Antonio Deoclides Zini, fundador e presidente do Grupo Pra Frente Brasil.

O lote expressivo é composto pelos modelos G 410, R 450, R 500 e R 540 nas configurações de rodas 4x2, 6x2 e 8x2. “Cerca de 30 são para ampliação e os demais para renovação da frota”, diz Antonio Deoclides Zini Junior, diretor de Frota e Manutenção do Grupo Pra Frente Brasil.


Todos os 92 novos veículos também contam com os Serviços Conectados da Scania. Segundo a empresa, a conectividade tem sido um grande diferencial no dia a dia das operações. Além da economia de combustível proporcionada pela Nova Geração Scania, a empresa tem registrado uma redução adicional em torno de 3 a 5% no consumo em função do uso da conectividade. Zini Junior explica que a significativa economia é resultado da combinação da tecnologia da Scania com o acompanhamento dos instrutores do grupo. “Em 2016, conheci a conectividade quando estive na Suécia. Fui um dos pioneiros a apostar na ferramenta assim que a Scania lançou essa solução, em 2017, no Brasil. Montei uma equipe interna só para fazer a gestão do portal e dos benefícios. Com isso, conseguimos aliar os Serviços Conectados com os processos de segurança da empresa.”

Os instrutores da transportadora instigam a competição sadia entre os motoristas para que eles acompanhem a sua própria performance e vejam os pontos onde podem melhorar. Os relatórios dos Serviços Conectados Scania mostram escalas de E a A para o desempenho dos condutores, o que ajuda a gestão a ver onde e como treinar os profissionais. “Analisamos todos os dias as notas dos motoristas, e vamos melhorando o processo para tirar as dúvidas daqueles que não atingem a marca A. Em razão desse trabalho diário conseguimos chegar com todos na nota A”, relata Junior.

Segundo Zini Junior, as informações geradas em tempo real no portal de conectividade da Scania foram um divisor de águas para a empresa. “Com a conectividade sentimos muito mais segurança e aumentamos a rentabilidade. Essa ferramenta da Scania nos ajuda muito e de forma instantânea”, complementa o pai. Atualmente toda a frota da empresa está conectada.

Scania/Divulgação
TEXTO:
Lucas Duarte
Com informações: Scania

Postar um comentário

0 Comentários