ANTT suspende parcialmente aumento de 44,44% na tarifa de pedágio da BR-116/376/PR e BR-101/SC

Solon Soares/Agência ALESC
Com o objetivo de cumprir a decisão de medida cautelar do Tribunal de Contas da União (TCU), a Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), decidiu suspender parcialmente o aumento na tarifa básica de pedágio da Autopista Litoral Sul S.A. (BR-116/376/PR e BR-101/SC, trecho Curitiba - Florianópolis).

Inicialmente a Deliberação nº 354, previa um aumento de 44,44% passando de R$ 2,70 (dois reais e setenta centavos) para R$ 3,90 (três reais e noventa centavos), a partir da zero hora do último sábado, 8 de agosto. 


Com a decisão da ANTT, passou a valer no último sábado apenas o reajuste que considera a correção frente à inflação (4,19%), tendo como base o IPCA. Ou seja, após o arredondamento, a tarifa básica passou de R$ 2,70 (dois reais e setenta centavos) para R$ 3,00 (três reais), nas praças de pedágio P1, em São José dos Pinhais/PR, P2, em Garuva/SC, P3, em Araquari/SC, P4, em Porto Belo/SC, e P5, em Palhoça/SC.

Ainda segundo a ANTT, a porcentagem do reequilíbrio econômico-financeiro referente ao trecho sul do Contorno Viário de Florianópolis, fruto da medida cautelar do Tribunal de Contas da União, não será aplicada neste momento até que todas as questões sejam esclarecidas à corte de contas.

Confira na íntegra o comunicado da ANTT: CLIQUE AQUI

TEXTO: Lucas Duarte

Postar um comentário

0 Comentários