Produção de caminhões cresce 39% em junho

IVECO/Divulgação
Mantendo o ritmo de recuperação dos efeitos da pandemia de Covid-19 (Coronavírus), a produção brasileira de caminhões encerrou o mês de junho registrando um novo crescimento.

De acordo com o balanço oficial da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), 5,6 mil caminhões foram produzidos no Brasil ao longo do mês de junho, crescimento de 39% em relação a maio, quando foram produzidos 4,1 mil unidades. 

Entretanto, no comparativo com junho de 2019, quando foram produzidas 10 mil unidades, a indústria brasileira registrou um recuo de 43,6% na produção de caminhões.


No acumulado do primeiro semestre de 2020 foram produzidos 34,8 mil caminhões em todo o país, queda de 37,2% em relação ao mesmo período de 2019, quando foram produzidos 55,4 mil caminhões.

“A situação geral da indústria automotiva nacional é de uma crise maior que as enfrentadas nos anos 80, 90 e essa mais recente de 2015/16. Ela veio num momento em que as empresas projetavam um crescimento anual de quase 10%. Um recuo dessa magnitude no ano terá impactos duradouros, infelizmente. Nossa expectativa é que apenas em 2025 o setor retorne aos níveis de 2019, ou seja, com atraso de seis anos”, avaliou Luiz Carlos Moraes, Presidente da Anfavea.

Confira na íntegra os números da Anfavea: CLIQUE AQUI

TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas

Postar um comentário

0 Comentários