IVECO Stralis atinge marca de 2 milhões de quilômetros sem intervenções no motor

A robustez dos caminhões IVECO, equipados com motor Cursor 13, da FPT Industrial, e a eficácia do cumprimento à risca de todas as manutenções recomendadas no manual, foram mais uma vez comprovadas por um transportador brasileiro.

Marcos Valério do Nascimento, de Ivaiporã (PR), proprietário de um IVECO Stralis HD 380 4X2, ano 2007, atingiu a marca de dois milhões de quilômetros sem a necessidade de qualquer tipo de manutenção, além das trocas de óleo e filtro regulares.

Com mais de 15 anos de experiência no transporte de tecidos pelas estradas brasileiras, o caminhoneiro paranaense reforça as apostas nos caminhões IVECO. “Quando eu for trocar de caminhão, com certeza vou comprar outro bruto da IVECO”, diz Marcos. 

Para Bernardo Pereira, gerente de Marketing de Produto da IVECO, o desempenho do Stralis mostra que o portfólio de pesados da marca, que tem atualmente os modelos das linhas Hi-Road e Hi-Way, mantém o DNA de uma linha robusta e pronta para qualquer operação. 


Stralis e seu sucessor Hi-Road
O IVECO Stralis é o antecessor da linha Hi-Road, apresentados ao Brasil em 2018. Disponibilizada nas versões 4X2, 6X2 e 6X4, a linha Hi-Road garante aos transportadores brasileiros o melhor Custo Operacional Total (COT) do mercado, graças a a menor tara do segmento, característica que garante maior capacidade de carga frente aos concorrentes, e consequentemente eleva a produtividade.

Segundo Bernardo, o segmento de pesados é muito importante para a marca. “Cada vez mais trabalhamos para atender esse setor do transporte, entre outros, com produtos e serviços que proporcionem o melhor custo benefício do mercado. Estamos ao lado dos nossos clientes e prontos para auxiliá-los da melhor forma possível”, finaliza o executivo.

Motor FPT Cursor 13
Tanto o Stralis quanto o Hi-Road são equipados com motores da FPT Industrial, marca líder em tecnologias powertrain, que assegura elevada durabilidade associada à desempenho, robustez, menores emissões, custos operacionais e versatilidade de aplicações, seja no segmento on-road, off-road, marítimo ou de geração de energia. Atualmente a linha Cursor 13 conta com potências que variam de 330 cv a 480 cv.

Somente na América do Sul são mais de 615 mil motores FPT Industrial em circulação.

TEXTO: Lucas Duarte

Postar um comentário

0 Comentários