Centro Tecnológico Randon lança CTR Innovation Lab

O Centro Tecnológico Randon passa a contar a partir deste mês com um novo espaço de desenvolvimento e a experimentação. Batizado de CTR Innovation Lab, o local tem como principal objetivo, apoiar as demandas das Empresas Randon e seus parceiros na busca de soluções inovadoras em produto.

Com área total de 300 m², o espaço é composto por áreas destinadas à cocriação e salas funcionais que acolhem as equipes multidisciplinares de inovação, com o propósito de potencializar a utilização de tecnologias sustentáveis nos produtos do grupo.

De acordo com a Randon, o CTR Innovation Lab reforça um conjunto de estratégias de inovação, que abrangem outras ações voltadas a investimentos para soluções digitais nas diversas áreas de atuação da companhia. Ainda segundo o grupo, o espaço será uma peça importante na manutenção da estratégia de futuro das Empresas Randon e também no apoio ao processo de retomada frente ao cenário atual, em sintonia com as medidas de saúde e segurança vigentes.


Construído em apenas seis meses com base na sustentabilidade, o CTR Innovation Lab terá como foco principal a inovação de produtos e direcionamento às megatendências da mobilidade. Além disso, o espaço atuará em conjunto com às demais estruturas já presentes no CTR, que conta atualmente com 20 tipos de pistas, totalizando 15 quilômetros, atelier para preparação de veículos e laboratório estrutural.

“O propósito do novo espaço é proporcionar aos times multidisciplinares um ambiente propenso à inovação, que permita novas experiências para o desenvolvimento integrado de produtos, aprimorando o trabalho que desenvolvemos”, explica o diretor de Tecnologia e Inovação de Produto das Empresas Randon, Cesar Augusto Ferreira.

Em 2020, o Centro Tecnológico Randon, localizado em Farroupilha (RS), completa 10 anos de criação, consolidando-se como o primeiro complexo independente de apoio ao desenvolvimento de produtos para indústria da mobilidade na região sul do Brasil. Destaca-se a entrega soluções de engenharia para veículos comerciais, veículos de passeio, motocicletas, implementos rodoviários, veículos fora de estrada e equipamentos linha agrícolas.
TEXTO: Lucas Duarte

Postar um comentário

0 Comentários