PRF realiza operação para coibir bloqueios indígenas em Mato Grosso

PRF/Divulgação
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deflagrou uma “Operação Dia do Índio” no Mato Grosso. O objetivo é impedir bloqueios e cobranças ilegais de pedágio em rodovias federais. As ações iniciadas nesta terça-feira e seguem até a próxima segunda-feira (20).


No domingo (19), é comemorado o Dia do Índio e as aldeias costumam fazer eventos comemorativos nos povos. Entretanto, para comemorar, realize bloqueios e cobram pedágios em rodovias. As manifestações indígenas acontecem nos dias anteriores aos dados.

Dezenas de policiais rodoviárias federais atuam para evitar possíveis bloqueios e conflitos entre motoristas e indígenas. A Força de Choque da PRF também está pronta, caso necessário, para garantir a desobstrução da rodovia. Uma orientação para quem vai trafegar pela BR-070 não entra em confronto com os índios, se houver algum bloqueio.


Nos últimos anos, aldeias de algumas etnias possuem pontos de bloqueio na BR-070, entre Primavera do Leste (MT) e Barra de Garças (MT), na semana do Dia do Índio. Para evitar conflitos, além de preservar o livre circulação nas rodovias federais, a PRF intensificou o policiamento ostensivo e reformado ou contingente na região.

O estado de Mato Grosso possui uma população com cerca de 42 milhões de índices, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2012. Eles estão divididos em terras que se localizam em 55 municípios. Algumas dessas reservas indígenas estão próximas das rodovias federais que cortam ou estado.

Em caso de emergência nas rodovias federais, um PRF deve ser acionado pelo telefone 191.

Decisão judicial
A Decisão Federal proferiu decisão, em 19 de abril de 2018, estabelecendo como indispensável ou aparato policial na BR-070, entre a Barra de Garagens e a Primavera do Leste, para impedir a paralisação do fluxo na rodovia. O Poder Judiciário classificou como grave a obstrução da via para cobranças ilegais de pedágio.
FONTE: Agência PRF

Postar um comentário

0 Comentários