header ads


PRF apreende mais de 70 comprimidos de rebites nas estradas do Pará

Agência PRF/Divulgação
A Policia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu no último final de semana mais de 70 unidades de comprimidos de anfetaminas, durante fiscalizações na BR 316 e BR 010.

A primeira apreensão ocorreu na sexta-feira (06) no município de Ipixuna do Pará/PA, ao ser abordado o condutor apresentou olhos vermelhos e alteração de comportamento/cansaço, e ao analisarem o disco de cronotacógrafo, perceberam que o veiculo estava sendo dirigido por mais de 36 horas com poucas paradas, o condutor foi questionado se havia consumido alguma droga ilícita e o mesmo confirmou o uso de três comprimidos de anfetamina do tipo nobésio-forte. No interior do veículo foram encontrados 38 comprimidos de anfetaminas, o condutor informou ter comprado em um posto de gasolina.

A Segunda apreensão ocorreu no sábado (07), em Cachoeira do Piria/PA, durante a fiscalização de um veículo de carga que transportava cerca de 15.000kg de bananas do município de Itaberaba/BA para Belém/PA. Ao verificar o disco de cronotacógrafo, constatou-se que o condutor dirigiu por muitas horas com poucas paradas, ao ser indagado sobre o uso de substancias ilícitas o mesmo negou, entretanto, apresentou nervosismo anormal. Após verificação no interior do veículo, foram encontrados 26 comprimidos de anfetaminas.  Ao ser questionado sobre os comprimidos, o mesmo informou que o dono do caminhão, as põe dentro do veículo para uso do motorista.


Logo em seguida, no município de Castanhal/PA, durante abordagem a um veículo de carga foram encontradas 11 comprimidos de anfetaminas, o condutor informou ter adquirido uma cartela com 15 compridos por trinta e cinco reais em um posto de combustível Marituba/PA.

Vale ressaltar que, apesar de que a anfetamina tem como uso principal ao combate à obesidade, a substância têm a sua comercialização regulamentada ou proibida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária/ANVISA, entretanto, e comum ser utilizado a o principio ativo da substância pelos condutores de veículos que transportam cargas com prazo curto para entrega (como frutas, verduras, legumes e cargas vivas) pelo seu efeito colateral, que é a perda de sono, a fim de sustentar longos períodos sem dormir, sendo comuns os casos em que estes condutores permanecem mais de 24 horas dirigindo permanentemente.

Foram lavrados Termos Circunstanciados de Ocorrência pelos flagrantes de porte de substância proibida para cada caso. Os condutores foram detidos pelos agentes e liberados após se comprometerem a comparecer em juízo quando convocados.
FONTE: Agência PRF

Postar um comentário

0 Comentários