Circulação de caminhões e ônibus em rodovias pedagiadas cresce no primeiro bimestre de 2020

Volvo/Divulgação
Em sintonia com a retomada da produção de caminhões e ônibus, a circulação de veículos pesados nas rodovias privatizadas brasileiras encerrou o primeiro bimestre de 2020 com crescimento em todos os comparativos em relação ao ano anterior. 

De acordo com o índice que mede o fluxo pedagiado de veículos nas estradas, construído pela Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) juntamente com a Tendências Consultoria Integrada, a circulação de caminhões e ônibus cresceu 0,4% em fevereiro em relação ao mesmo mês de 2019. Em relação ao mês anterior, janeiro, foi registrado um crescimento de 0,8%.

No acumulado dos últimos doze meses, a circulação de veículos pesados apresentou um crescimento de 3,2% segundo o Índice ABCR. Já no acumulado do primeiro bimestre deste ano, o crescimento registrado é de 0,4%.

Segundo Thiago Xavier, analista da Tendências Consultoria, " o preço dos combustíveis foi um fator limitante em dezembro e janeiro, mas houve sinais de alívio nesta área em fevereiro”, diz o economista. Para os próximos meses, no entanto, o cenário ainda é incerto, em função, por exemplo, do impacto do coronavírus na economia.

Confira na íntegra os números do Índice ABCR:
Reprodução/Índice ABCR
TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas 

Postar um comentário

0 Comentários