PRF flagra 3 caminhoneiros em posse de rebites nas estradas do Pará

Agência PRF/Divulgação
No último sábado (15), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) fiscalizava no Km 53 da BR 316 em Castanhal/PA, quando abordou um veículo de carga do tipo M.benz/Atego 2426, cor branca, cujo o condutor apresentou vermelhidão nos olhos e nervosismo. Diante disso, os agentes da PRF realizaram a averiguação no veículo e encontraram com o passageiro, uma cartela com 22 (vinte e dois) comprimidos de Nobésio Extraforte, mais conhecido como Anfetamina ou ”Rebite”.

O veículo estava trafegando de Ourém/PA para Belém/PA e ao perguntar a origem da substancia, o condutor informou que tinha ganhado de um outro motorista a cartela com os comprimidos.

Em outra ocorrência, durante o último domingo (16), em Dom Eliseu/PA, a PRF fiscalizava no Km 30 da BR 010, quando deu início aos procedimentos cabíveis a um veículo de carga.

Durante a averiguação, os agentes da PRF flagraram o condutor em posse de 2 (dois) comprimidos de Anfetamina, e o condutor afirmou ter feito uso na noite anterior.


No mesmo dia (16), a PRF fiscalizava no Km 102 da BR 316, no município de Santa Maria Do Para/PA, quando abordou o veículo do tipo Vw/Bmb 24.250 Clc, cor vermelha. O condutor, um homem de 55 anos foi flagrado em posse de uma cartela com 6 (seis) comprimidos de Anfetamina.

O veículo estava trafegando do estado da Bahia para Belém-PA, transportando 16 (dezesseis) toneladas de tomate, o condutor também afirmou que tinha feito uso de dois comprimidos de anfetamina na noite anterior.

Apesar das Anfetaminas serem usadas para o combate à obesidade, os comprimidos têm sua comercialização proibida pela ANVISA, e são comumente utilizadas pelos condutores de veículos que transportam cargas com prazo curto para entrega (como frutas, verduras, legumes) pelo seu efeito colateral que é a supressão de sono.

Todos os motoristas foram autuados pelo crime de porte ilegal de drogas e foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil dos respectivos municípios, todos assinaram o termo circunstanciado e se comprometem comparecer em juízo quando solicitados.
FONTE: Agência PRF

Postar um comentário

0 Comentários