header ads


PRF flagra caminhoneiro com maior índice de embriaguez do ano

Agência PRF/Divulgação
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu um caminhoneiro com índice de álcool no organismo quatro vezes maior do que o limite considerado crime de trânsito. A prisão ocorreu no final da tarde de segunda-feira (16/12), no KM 634 da BR 365, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro.

Este foi o maior índice de embriaguez ao volante registrado pela PRF no estado em 2019. Além da alta embriaguez, o motorista tinha uma garrafa com cachaça na boleia do veículo.

A carreta foi interceptada após ligações de motoristas via 191. Segundo os usuários, o veículo estava fazendo movimentos de zigue-zague na rodovia. Com base nas informações, os policiais chegaram ao veículo denunciado. Quando abordaram seu motorista, os agentes sentiram intenso odor de álcool exalado da cabine.


Diante da forte suspeita de embriaguez ao volante, o motorista de 34 anos foi submetido ao exame com o etilômetro (bafômetro). O aparelho registrou a marca de 1,47 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. O índice representa quatro vezes o valor considerado como crime de trânsito, que é 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

O caminhoneiro é funcionário de uma transportadora. Um responsável pela empresa compareceu ao posto da PRF e providenciou outro condutor para levar a carreta. 

O homem foi preso em flagrante por crime de trânsito e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Uberlândia. Além da multa gravíssima de R$ 2.934,70, ele terá a carteira suspensa por um período de 12 meses.

Em 2019, a PRF flagrou 3.177 motoristas dirigindo embriagados em Minas Gerais. Ao todo, 315 foram detidos por crime de trânsito.
Agência PRF/Divulgação
FONTE: Agência PRF

Postar um comentário

0 Comentários