header ads


Beto Monteiro é o grande campeão da Copa Truck 2019

Vanderley Soares/+Brasil
Bastou um segundo lugar na primeira corrida de Interlagos para Beto Monteiro conquistar por antecipação o título da temporada 2019 da Copa Truck. Confira abaixo um pouquinho de como foram as provas decisivas:

Corrida 1
Logo na largada, o pole position Beto Monteiro conseguiu segurar a ponta, seguido de perto por Roberval Andrade, o segundo do grid. Terceiro da largada, Paulo Salustiano não conseguiu arrancar bem e acabou superado por Felipe Giaffone, Leandro Totti e caiu para quinto. Pouco depois, Salu conseguiu se recuperar, deu o troco em Giaffone e Totti para voltar para o terceiro posto.

Enquanto Monteiro seguia pouco ameaçado na ponta, Salustiano acelerava seu Volkswagen para cima do Mercedes de Roberval na tentativa de tomar a ponta do representante do Corinthians na Copa Truck.

Mais atrás, Régis Boessio e José Augusto Dias travavam uma acirrada disputa pela 17ª posição com direito a empurrão entre os dois.

Voltando aos ponteiros, faltando pouco mais de sete minutos para o final da prova, Salustiano colocou por dentro no final da reta oposta, tomou a segunda posição de Roberval Andrade e partiu ao ataque sobre Beto Monteiro, que na última volta errou na Curva da Junção, foi ultrapassado por Paulo Salustiano e deixou a vitória escapar.

Mesmo terminando a corrida em segundo, Beto Monteiro foi a 162 pontos, 20 de vantagem sobre Roberval Andrade, que terminou a corrida em terceiro, e conquistou o título da temporada 2019 com uma corrida de antecedência.

Corrida 2
Oitavo colocado na corrida 1, Pedro Paulo largou da pole position na segunda prova do dia, arrancou forte para manter a ponta, seguido de perto por Renato Martins, o segundo do grid.

Um pouco mais atrás, Felipe Giaffone, Roberval Andrade e Paulo Salustiano travavam uma intensa disputa pelo terceiro lugar, que foi assumido a 22 minutos do fim por Roberval após bela ultrapassagem sobre Giaffone, que ainda foi superado por Salustiano e caiu para quinto.

Poucas voltas mais tarde, Pedro Paulo sofreu uma quebra no motor seu caminhão, abandonou a corrida e perdeu a liderança para Renato Martins, que logo depois acabou superado, quase que simultaneamente, por Roberval Andrade e Paulo Salustiano.

Pouco depois, Felipe Giaffone enfrentou um problema no freio de seu caminhão e rodou na frente de André Marques na Curva do Lago, com ambos rodando e abandonando a corrida. O acidente causou um efeito cascata e Wellington Cirino, Luiz Carlos Zapelini, Leandro Totti e Clodoaldo Monteiro também acabaram rodando.

O incidente acionou o Safety Truck e a cinco minutos para o final a relargada foi autorizada, com Roberval acelerando forte para segurar a ponta da prova, que teve mais duas voltas de duração.

Com uma tocada extremamente defensiva, Roberval conseguiu barrar as investidas de Salu para vencer a segunda corrida da Grande Final da temporada 2019 da Copa Truck.


Veja como terminaram as duas corridas:
Corrida 1
Paulo Salustiano (Volkswagen), 25min29s267
Beto Monteiro (Volkswagen), a 0s756
Roberval Andrade (Mercedes-Benz), a 9s623
Leandro Totti (Mercedes-Benz), a 13s421
Felipe Giaffone (Iveco), a 19s012
André Marques (Mercedes-Benz), a 19s815
Renato Martins (Volkswagen), a 20s266
Pedro Paulo (Mercedes-Benz), a 22s366
Wellington Cirino (Mercedes-Benz), a 22s686
Clodoaldo Monteiro (Volkswagen), a 26s090
Adalberto Jardim (Ford), a 31s325
Luiz Carlos Zapelini (Volkswagen), a 34s960
Gabriel Robe (Mercedes-Benz), a 40s854
José Augusto Dias (Volkswagen), a 43s859
Giuliano Losacco (Iveco), a 45s106
Regis Boessio (Volvo), a 45s633
Debora Rodrigues (Mercedes-Benz), a 54s389
Jaidson Zini (Iveco), a 1min02s084
Djalma Pivetta (Iveco), a 1min02s456
Luiz Lopes (Iveco), a 1min03s211
Danilo Alamini (Iveco), a 1min13s536
Daniel Kelemen (Mercedes-Benz), a 1min19s221
Fabio Fogaça (Ford), 1 volta
Juca Bala (Ford), 1 volta
Evandro Camargo (Volvo), 3 voltas
Duda Bana (Scania), 11 voltas

Corrida 2
Roberval Andrade (Mercedes-Benz), 26min08s371
Paulo Salustiano (Volkswagen), a 0s314
Renato Martins (Volkswagen), a 4s567
Beto Monteiro (Volkswagen), a 5s309
André Marques (Mercedes-Benz), a 7s210
Giuliano Losacco (Iveco), a 8s754
Adalberto Jardim (Ford), a 10s169
José Augusto Dias (Volkswagen), a 13s262
Jaidson Zini (Iveco), a 17s831
Gabriel Robe (Mercedes-Benz), a 17s984
Fabio Fogaça (Ford), a 19s025
Regis Boessio (Volvo), a 19s384
Luiz Lopes (Iveco), a 21s634
Daniel Kelemen (Mercedes-Benz), a 21s669
Djalma Pivetta (Iveco), a 23s302
Juca Bala (Ford), a 33s232
Evandro Camargo (Volvo), a 1min02s890
Luiz Carlos Zapelini (Volkswagen), 1 volta
Leandro Totti (Mercedes-Benz), 2 voltas
Danilo Alamini (Iveco), 5 voltas
Clodoaldo Monteiro (Volkswagen), 5 voltas
Felipe Giaffone (Iveco), 6 voltas
Wellington Cirino (Mercedes-Benz), 6 voltas
Pedro Paulo (Mercedes-Benz), 6 voltas
Debora Rodrigues (Mercedes-Benz), 8 voltas
FONTE: Copa Truck

Postar um comentário

0 Comentários