MiX Telematics apresenta tecnologia para aumento de produtividade em transporte e logística, durante Fenatran 2019

O mercado de gestão de frotas e telemetria no Brasil está em constante evolução. Prova disso é a MiX Telematics, empresa sul-africana que está no país desde 1996 e coleciona inúmeros casos de sucesso em todos os segmentos onde atua: transporte de cargas, logística, transporte de passageiros, cargas perigosas, mineração, construção, entre vários outros.

Empresas como Della Volpe, Ouro Verde, Coopertrans, Triunfo CONCEBRA, Andorinha, Nestlé, Messer, Raízen, BR Distribuidora, usam a tecnologia da MiX Telematics para reduzir riscos de acidentes, custos da operação e de manutenção, além de permitir gestão da frota com mais eficiência. "Nosso grande diferencial é dar retorno sobre o investimento para nossos clientes, que se tornam ainda mais competitivos", diz Alexandre Fagundes, gerente de Produtos e Marketing da empresa no Brasil.

Para mostrar ao mercado brasileiro esses cases e soluções para diferentes verticais, como laticínio, agronegócio e transporte de combustível e de cargas perigosas, a MiX Telematics participará na Fenatran 2019, que acontecerá entre os dias 14 e 18 de outubro, em São Paulo. Na ocasião, a empresa apresentará produtos para telemetria, como o equipamento com câmeras (MiX Vision) e soluções embarcadas que permitem a comunicação do gestor de frota com os motoristas, como o MiX Smart e o Rovi Mini que informa ao motorista os erros de direção e os eventos de manutenção com mensagens de voz.

Crescimento
Fagundes explica que a empresa vem crescendo expressivamente, desde o início das operações. "Acreditamos no Brasil, que é um país de dimensões continentais com vantagens competitivas em diversos setores, especialmente no agronegócio", explica.

"Verificamos uma adesão cada vez maior de clientes que desejam ser mais competitivos, ao mesmo tempo em que agridem menos o meio ambiente, reduzem custos operacionais e valorizam a vida de seus colaboradores, com a diminuição dos riscos de acidentes", enfatiza o executivo.


Investimentos
Para seguir essa linha de negócios, a MiX Telematics acaba de dividir sua equipe em duas grandes unidades de negócios; uma focada em transporte de passageiros e outra em logística e cargas especiais.

Para dar continuidade ao crescimento no país, ambas estão aumentando suas equipes comerciais, tanto de pré como de pós-vendas, e desenvolveram uma nova área de customer sucess, focada em contribuir para que os nossos clientes atinjam os objetivos dos seus projetos de telemetria. "A nossa matriz continua investindo em novas tecnologias com o lançamento de novos produtos cada vez mais avançados e a equipe local dá suporte à integração com outras soluções, de forma a trazer mais valor aos nossos clientes", destaca.

Mercado brasileiro
Fagundes explica que a equipe brasileira trabalha junto com as empresas que movem nossa economia, especialmente no transporte de combustíveis, cargas perigosas e cargas especiais (de grande porte), laticínios, mineração e no setor sucroalcooleiro.

A MiX Telematics também atua em setores que estão em franca recuperação após a crise, como construção e logística, nos quais ocorrem investimentos para a gestão das frotas de empilhadeiras, linha amarela e máquinas na movimentação de cargas.

O executivo explica que esse foco acontece em função de o Brasil ser um país com dimensões continentais e depender muito do modal rodoviário; a produção fica distante dos mercados consumidores e dos portos, o que é um grande desafio logístico. "Como os veículos precisam se deslocar por grandes distâncias, os custos são elevados e as estradas muito perigosas. Já na área de produção, especialmente no agronegócio, clientes precisam aumentar a produtividade ao reduzir riscos de acidentes, o que faz com que a gestão da frota e o uso da telemetria sejam primordiais", finaliza.
FONTE: Divulgação

Postar um comentário

0 Comentários