Conheça Paulla Demeneghi: A gaúcha que transformou a paixão por motores em profissão

Paulla Demeneghi
Foi-se o tempo que a paixão por motores, velocidade, caminhões e motos se restringia apenas aos homens. Prova disso é a gaúcha de Santo Ângelo, Rio Grande do Sul, Paulla Demeneghi, que em pouco mais de um ano exercendo a função motorista profissional concilia diversas paixões no dia a dia. 

Influenciada pela infância, período em que trocava as bonecas por caminhões de brinquedo, pela paixão por viajar e pela liberdade que as estradas proporcionam, a jovem gaúcha escolheu o caminhão como o seu principal companheiro na rotina profissional

Com apenas 25 anos, Paulla Demeneghi já possui uma trajetória admirável de crescimento e destaque no transporte rodoviário de cargas, apesar desafios diários impostos por uma profissão que por muitos anos era restrita apenas ao sexo masculino. "Lidar com colegas de profissão, que muitas vezes não conseguem aceitar o fato de uma menina exercer a mesma atividade bruta que eles, é o principal desafio", comenta. 

Segundo a gaúcha, o segredo para superar os desafios diários está no profissionalismo e no respeito diário com todos que cruzam o seu caminho. "Conforme tratamos bem as pessoas, o retorno é igual. Então minha relação profissional com todos os funcionários de locais que frequento é a melhor possível.", destaca.

Após quebrar todos os paradigmas ao se tornar a primeira motorista da Dinon Transportes, empresa gaúcha especializada no transporte de bebidas, Paulla Demeneghi encara agora um novo desafio longe de sua terra natal. Vivendo no interior de São Paulo, a gaúcha agora é a grande responsável pelo transporte de suprimentos para a Axxis, uma das maiores fabricantes e importadoras de capacetes para motociclistas do Brasil. 


A nova empresa, possibilita a conciliação de duas grandes paixões, o caminhão e a moto. As habilidades da gaúcha não se restringem apenas aos veículos pesados. Nas horas vagas, Paulla Demeneghi se dedica ao estudo da aviação e as motos com suas inúmeras possibilidades, como por exemplo, viagens, eventos e uma dose a mais de liberdade. "tudo que tiver motor eu me encanto!", completa.

A dedicação e determinação na profissão e na busca por novos objetivos garantiram à Paula, uma segunda profissão, a de Digital Influencer. Com mais de 90 mil seguidores nas redes sociais, a gaúcha vem conquistando importantes parceiros no segmento de transportes e no mundo da moto velocidade, tornando-se inspiração para muitos (as) que desejam ou já exercem a profissão e que compartilham do mesmos gostos e paixões.

Em conversa com o Portal Caminhões e Carretas, Paulla deu dicas para as mulheres que também pretendem exercer a profissão de motorista. "Primeiramente antes de ser profissional devemos ser um ótimo ser humano. Se qualificar é muito importante, por ser mulher devemos criar nossas oportunidades e depender exclusivamente de nós. Comecei trabalhando em um truck center onde iniciei manobrando caminhões e aprendendo seus funcionamentos. Devem estar cientes de onde querem chegar, ter ciência que viver na estrada é uma escolha dura, tem q estarem preparadas psicologicamente pois é uma vida solitária, que exige tanto do físico como do emocional. Mas se querem ser tem que dar o seu melhor sempre e fazer com amor.", finaliza.
Paulla Demeneghi
TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas

Postar um comentário

3 Comentários

  1. Meus parabéns Paulla,! É assim que a vida gosta. Sermos o que quiser sermos! HOJE, DEPOIS DE MUITOS ANOS E ESTUDADO EM UMA BOLEIA DE CAMINHÃO, VOLTEI PRA ESTRADA, com meu conjunto MB2540 e um graneleiro. Vou onde paga melhor e que tenha uma estrada neste Brasil. Quem sabe nos conheceremos por este Brasilzão. Poderia ser minha filha ou minha neta fazendo isso. Abraços. Rubens Tavares

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Paulla que Deus te abençoe sempre

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Nunca publique suas informações pessoais, como por exemplo, números de telefone, endereço, currículo etc. Propagandas, desrespeito ou ofensas não serão toleradas nos comentários.