Freightliner entrega primeiras unidades do eCascadia

Freightliner/Divulgação
A Freightliner, empresa do grupo Daimler Trucks América do Norte LLC (DTNA), entregou recentemente as duas primeiras unidades do eCascadia, versão elétrica do pesado mais vendido da marca no mercado norte-americano.

De acordo com a montadora, as unidades farão parte de uma Frota de Inovação Elétrica da Freightliner, que tem como principal objetivo testar a integração de caminhões elétricos, movidos a baterias em operações de longa distância. 

“Esse marco em eletricidade é importante, pois a tecnologia de hoje e de amanhã está progredindo. Nosso propósito é claro - construímos para nossos clientes”, disse Roger Nielsen, presidente e CEO da DTNA. "Nossa equipe está incrivelmente orgulhosa de estar liderando o caminho para a indústria, mas ainda mais orgulhosa por estar trabalhando com nossos clientes em um processo de co-criação para fabricar caminhões elétricos reais para o trabalho real no mundo real."

A co-criação é o princípio central da abordagem da DTNA para eletrificar o futuro dos veículos comerciais e um elemento chave para a adoção generalizada de caminhões elétricos equipados com baterias. O Conselho de Veículos Elétricos reúne 38 clientes da Freightliner, responsáveis por identificar e resolver todos os possíveis obstáculos à implantação em larga escala de veículos elétricos com baterias comerciais. As questões que estão na linha de frente da discussão incluem infraestrutura, parcerias com outras partes na cadeia de valor da mobilidade elétrica, especificações de veículos e operações que os veículos podem ser aplicados. 


Dentre as empresas parceiras que fazem parte do desenvolvimento do eCascadia, está a Penske Truck Leasing de Reading, da Pensilvânia e NFI de Camden, New Jersey. A empresa será uma das primeiras a empregar os modelos em operações comerciais reais, previstas para acontecerem no sul da Califórnia a partir deste mês. 

Além dos clientes parceiros, a Frota de Inovação Freightliner é apoiada por uma parceria entre a DTNA e o Distrito de Gestão da Qualidade do Ar da Costa Sul (South Coast AQMD) que se concentra na melhoria da qualidade do ar na Bacia do Litoral Sul e financiou parcialmente a Frota de Inovação com uma doação de quase US $ 16M.

"Este é um momento emocionante para o futuro dos caminhões com emissões zero", disse Wayne Nastri, diretor executivo da South Coast AQMD. "À medida que trabalhamos para atingir os padrões de qualidade do ar, é importante que os fabricantes de caminhões acelerem a comercialização dessas tecnologias que ajudarão a limpar nosso ar e proteger a saúde pública".

TEXTO: Lucas Duarte

Postar um comentário

0 Comentários