10 dicas de ouro para você evitar problemas com obtenção de AET

Douglas L. Heinrichs
Antes de começar, lembre-se: veículo que precisa de AET, flagrado sem AET, ou com AET vencida, é multado e apreendido até regularização e o preço disso não sai nada barato. Além do valor da multa de quase R$ 300,00, tem mais despesas com guincho (R$ 538,35 + R$ 1,42/Km), mais Diária para os veículos recolhidos (R$ 140,72 por dia).

Portanto fique atento às dicas seguintes para manter a AET dos seus veículos sempre em dia:

Dica 1 - Não vale a pena fazer uma AET só por fazer. Só para ter um pedaço de papel na mão, É preciso fazer certo a AET certa, ou em outras palavras, fazer a AET para o veículo que efetivamente precisa de AET e com base nas informações e características efetivas do veículo ou combinação de veículos;

Dica 2 - Procure fazer você mesmo o cadastro da sua empresa junto ao órgão emissor da AET. Ja faz algum tempo que o DNIT e os DERs dos principais estados já disponibilizam sistemas de emissão de AET online;

Dica 3 - Se o cadastro for feito por terceiros exija que seja usado e-mail e telefone da empresa, assim como, o repasse pelo terceirizado de todos os logins e senhas de cada um dos órgãos, para evitar dores de cabeça, se a empresa resolver fazer internamente ou mudar de fornecedor;

Dica 4 - Guarde em local seguro o e-mail e CNPJ/CPF usados para cadastro, assim como código de acesso e senha gerados;

Dica 5 - Mantenha sempre à mão cópia dos CRLVs de cada um dos veículos, do contrato social da empresa e de modelos de procuração;


Dica 6 - Mantenha, também, em mãos planilha ou documentos com informações da TARA, dimensões (comprimento x altura x largura) e distância entre eixos de cada um dos veículos e das combinações de veículos de posse da empresa;

Dica 7 - Para não correr riscos requeira suas AETs com pelo menos 48 horas de antecedência ao início da viagem. Essa regra vale apenas para pedidos de AET em órgãos como DNIT, DERMG, DERPR, em que os sistemas de concessão de AET são informatizados e estáveis;

Dica 8 - Nos DERs de órgãos como Rio Grande do Sul, Tocantins, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Pará e outros, sem sistemas informatizados, as AETs devem ser requeridas com pelo menos 10 dias úteis de antecedência;

Dica 9 - Mesmo que você utilize serviços de terceiros, faça e mantenha permanentemente atualizados levantamentos das taxas dos órgãos para expedição de AETs;

Dica 10 - Lembre-se que as AETs devem ser preferencialmente assinadas, antes de entregues aos motoristas, pelo proprietário ou responsável técnico da empresa.

Em caso de dúvidas, ou para mais informações, não hesite em nos contatar através do whatsapp 11-999905265

ARTIGO: João Batista Dominici - Editor dos sites Guia do TRC e Tabelas de Frete, Fundador da Escola de Transportes, Instrutor de Cursos Sobre Transporte de Cargas Especiais e Especialista em AET.

Postar um comentário

0 Comentários