Projeto de lei autoriza familiares acompanharem caminhoneiros durante as viagens

Com objetivo de reforçar o vínculo familiar entre caminhoneiros e seus familiares, o Deputado Federal, Lucas Gonzalez (NOVO/MG), apresentou nesta quinta-feira, 11 de junho, o Projeto de Lei 4058/2019, que autoriza motoristas profissionais viajarem acompanhados de cônjuge, companheiro (a) ou filhos maiores de idade.
De acordo com a proposta do parlamentar que atualiza a Consolidação das Leis do Trabalho, as empresas deverão permitir que motorista esteja de seus familiares durante as pernoites. Entretanto, o projeto de lei ressalta que todas as despesas extras, decorrentes deste acompanhamento serão de inteira responsabilidade do motorista e de sua companhia, ou seja, isentando a empresa da responsabilidade sobre os custos. 
Além disso, o texto ressalta ainda que não haverá nenhuma relação trabalhista entre o acompanhante do motorista e a empresa contratante. E em caso de acidentes, a empresa também não terá responsabilidades sobre os acompanhantes. 
Segundo o parlamentar, a presença de um ente querido pode, em grande medida, beneficiar o profissional a partir de diversas perspectivas, tais como, maior atenção ao trânsito e a não utilização de substâncias para permanecer acordado.
Gonzalez destacou ainda que as viagens que necessitam de um período distante de familiares, rouba considerável tempo de convivência social, fator que pode desencadear a solidão e depressão nos motoristas.
A proposta aguarda agora o Despacho do Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, para posteriormente ser analisada pelas respectivas comissões da casa. Não há um prazo para essas atividades sejam realizadas e posteriormente seja convertido em lei. 

Confira na íntegra o Projeto de Lei 4058/2019: CLIQUE AQUI

TEXTO: Lucas Duarte

Caminhões e Carretas
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

9 comentários:

  1. Alem desse projeto tem que obrigar as empresas liberarem a entrada dos acompanhantes também... Pq a grade maioria vc tem que deixar elas lado de fora e te agarram lá dentro!

    ResponderExcluir
  2. Sou carreteiro tbm concordo com projeto assim ficará com pra nos estradeiros que ama sua família que infelizmente não podemos ficar tempo juntos abraço

    ResponderExcluir
  3. Ótima ideia eles ficam muito longe e sozinho eu gostaria de junto para dar força ele chega muito estressado se agente poder ir junto eles ficam ciguro

    ResponderExcluir
  4. Ótima iniciativa....mas muitas empresas onde passamos pelo processo de carga e descarga, proíbem os mesmos a adentrar juntos na boleia. Alguns lugares chegam a demorar mais de 12 hrs esse processo...poderiam receber tal situação tbm....

    ResponderExcluir
  5. Um progeto bem interessante,o problema é que quando chega ao local de entrega,em muitos lugares as empresas nao deixam acompanhantes entrarem junto com o motorista,em alguns lugares nem sala de espera tem, ficando assim a família vunervulne a tantas coisas.

    ResponderExcluir
  6. Concordo com vc amigo plenamente,não adianta nada nossas família ter o direito de acompanhar nos profissionais e chegar no local da carga ou descarga e ter que deixamos jogados como se fosse algum indigente.

    ResponderExcluir
  7. Muito boa essa ideia de poder ir acompanhante junto esse deputado ta de parabéns porque so os motoristas sabem a solidao de ficar sozinho as vezes ate mais de 40dias sem ver os familiares.

    ResponderExcluir
  8. A lei tem que contar com mais um anexo, que as empresas permitam a permanência dos familiares tbm dentro de suas dependências. Do que adianta a lei permitir levarmos familiares e lá os deixar pra fora expostos ao perigo?? Tem que pensar nisso.

    ResponderExcluir