Petrobras anuncia redução de R$ 0,10 no preço do óleo diesel e mudança na política de preços

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira, 12 de junho, importantes novidades em relação ao preço do óleo. Além de uma nova redução no preço do combustível, a companhia informou uma nova mudança na política de preços. 
Segundo a companhia, a 0h desta quinta-feira, 13 de junho, o preço do óleo diesel foi reduzido em 4,60% (R$ 0,1000) em todas as refinarias do país, passando de R$ 2,1664 para R$ 2,0664. A informação consta no site da empresa, no qual a petroleira lista os valores praticados em 37 postos de suprimento do mercado nacional, para a gasolina, o diesel S10 e o diesel S500.
Em relação ao diesel S500, o mais comum nas estradas, os menores preços são praticados pelas refinarias de Itacoatiara (AM), R$ 2,0406; São Luís (MA), R$ 2,0441, e Guamaré (RN), R$ 2,0660. Os maiores preços do diesel S500 estão nas refinarias de Uberaba (MG), R$ 2,2764, Senador Canedo (GO), 2,2743, Brasília, R$ 2,2727, e Uberlândia (MG), R$ 2,2662.
Esta é a segunda redução promovida pela estatal no mês de junho. No primeiro dia do mês a petroleira já havia reduzido o preço do óleo diesel em cerca de 6,00% (R$ 0,1383). 
Segundo a Petrobras, o reajuste promovido nesta semana segue tendo como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais destes produtos mais os custos que importadores teriam, como transporte e taxas portuárias, por exemplo.
Já a decisão de reduzir ou não o preço do óleo diesel nas bombas dependerá de repasses feitos por outros integrantes da cadeia de petróleo, especialmente distribuidoras e postos de combustíveis, já que a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados. 

Mudança na política de preços
Em comunicado oficial, também divulgado nesta quarta-feira, 12 de junho, a Petrobras anunciou o fim da periodicidade de reajustes nos preços dos combustíveis, ou seja, a partir de agora as alterações de preços voltarão a acontecer a qualquer momento e terão como parâmetros as condições de mercado e da análise do ambiente externo.
Segundo a Petroleira a decisão de por fim a periodicidade mínima de 15 dias tem como principal objetivo possibilitar a companhia competir de maneira mais eficiente e flexível. Ainda segundo a empresa, reajuste colocado em prática nesta quinta-feira, 13 de junho, já faz parte da nova política de preços. 

Confira na íntegra a redução da Petrobras: CLIQUE AQUI

TEXTO: Lucas Duarte
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário