Conheça duas formas de se tornar um caminhoneiro nos Estados Unidos

A crescente falta de caminhoneiros na América do Norte, especialmente nos Estados Unidos, segue sendo um dos principais desafios enfrentados por grandes transportadoras que operam no país. 
Conforme mostrado pelo portal Caminhões e Carretas, dados recentes do Census Bureau, o Departamento de Censo do Estados Unidos, apontam para um déficit de 65 mil motoristas profissionais.  A estimativa do órgão é de que este número chegue a 180 mil nos próximos 10 anos. 
Apesar de salários anuais que variam de US$ 65 mil a US$ 250 mil (cerca de R$ 20 mil a R$ 80 mil ao mês, em conversão atual) e bônus de contratação de US$ 1.500 a US$ 2.500, os jovens norte-americanos não possuem interesse em seguir a profissão, devido as exigências físicas e a elevada carga de trabalho (normalmente 60 horas semanais). 

LEIA: Estados Unidos: Falta de motoristas chega a 65 mil e salários a US$ 250 mil ao ano

Diante deste cenário preocupante é natural que muitos estrangeiros passem a cogitar a possibilidade de se tornar um caminhoneiro na América do Norte. Mas como é possível exercer a profissão de forma legal nos Estados Unidos? Quais são os custos? Confira: 

Duas formas de se tornar um caminhoneiro nos Estados Unidos 
Atualmente existem duas formas de exercer legalmente a profissão de caminhoneiro nos Estados Unidos. A primeira por conta própria e a segunda através de um contrato de trabalho previamente fechado com alguma transportadora norte-americana. 

Conta própria: Para ingressar por conta própria e exercer alguma profissão nos Estados Unidos é necessário a obtenção do visto EB2 NIW, específico para trabalhar no país. Entretanto o custo e o tempo necessários para obtenção do documento são pontos negativos. Segundo especialistas em imigração, os custos para obtenção do visto podem variar de US$ 20 mil a US$ 50 mil (cerca de R$ 78 mil a R$ 195 mil, em conversão atual) e o tempo estimado pode chegar até um ano e meio (18 meses). 

Contrato de trabalho: Através deste método, não há custos para o trabalhador e o tempo de espera para obtenção da autorização para imigração é ligeiramente menor. 
Através de um contrato de trabalho previamente fechado com alguma transportadora nos Estados Unidos, ou seja, quando a empresa chama o motorista estrangeiro trabalhar, o profissional precisará do visto H2B. Os custos para obtenção deste documento variam de US$ 15 mil a US$ 30 mil dólares e são de inteira responsabilidade da empresa contratante. Ainda segundo especialistas em imigração o tempo para liberação deste tipo de visto varia entre 8 e 12 meses. 
Entretanto, o valor cobrado das empresas para liberação do visto e autorização da imigração do profissional justificam o baixo interesse das transportadoras norte-americanas em contratar motoristas estrangeiros. 
Outros custos 
Vale lembrar ainda que os custos para se tornar um caminhoneiro nos Estados Unidos não se restringem apenas as questões imigratórias. Mas também a obtenção da habilitação no país e até a compra de um caminhão próprio, uma vez que, as maiores rendas são pagas os profissionais que exercem a profissão de maneira autônoma. 
Além do visto, o profissional estrangeiro que pretende exercer a profissão de caminhoneiro nos Estados Unidos precisará da carteira de motorista comercial, conhecida como CDL License. Entretanto, não há um valor fixo para obtenção da habilitação, uma vez custos variam por estado. Na Flórida, por exemplo, os valores podem variar entre US$ 1.500 e US$ 8 mil (cerca de R$ 6 mil a R$ 31 mil, em conversão atual).
No caso da compra do próprio caminhão, os custos são ainda maiores. Dependendo do modelo, ano e carroceria, os valores para a compra de um caminhão nos Estados Unidos podem ultrapassar a marca de US$ 150.000 (cerca de R$ 585 mil, em conversão atual). 


Cultura (Choque Cultural)
A questão cultural também deve ser levada em conta, afinal não estamos falando de uma mudança de cidade ou estado, mas sim de uma mudança de país. Ou seja, os Estados Unidos possuem costumes e práticas diferentes da população brasileira, como por exemplo na culinária, nas relações interpessoais, idioma (inglês fluente será indispensável), religiões etc. Inicialmente pode parecer uma questão de pouco peso, mas não. Saber respeitar e lidar com diferentes questões culturais mesmo que sejam contrárias aos seus princípios é fundamental para a sobrevivência em um novo país junto ao seu povo.  

Decisão a se pensar
Diante de todas essas questões, nota-se que a decisão de se tornar um caminhoneiro nos Estados Unidos não é simples e requer um alto investimento. Entretanto, em caso de decisão positiva a forma correta é procurar os meios legais, evitando assim problemas imigratórios e riscos de vida.
Mas vale lembrar ainda que, apesar do alto custo é possível seguir a profissão na América do Norte, já que atualmente, do total de caminhoneiros nos EUA, 40% são estrangeiros, sendo 32% da América Central (México), 14% da Ásia e 11% da América do Sul.

TEXTO: Lucas Duarte
Com informações: InfoMoney
Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

42 comentários:

  1. Resumindo nao e facil vao ficar sem motoristas mesmo

    ResponderExcluir
  2. Eles poderiam fazer umas seleções de candidatos i ajudarem a gente pra gente ajudar eles ... ex quem tem filhos idade etc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara e verdade se isso fosse aqui o brasil uma coisa e certa o presidente mandava ate o avião dele pra trazer eles e sem custo nem um e já vinha com a carteira assinada aqui e tudo facil ver eles mesmo com esse problema ainda fazem cu doce eu sonho em um dia ir lá mais pra ir as dificuldades já começa por aqui e pf federal já começa dificultando tudo né imagina la

      Excluir
  3. Como faço para enviar um currículo

    ResponderExcluir
  4. Como faço contato com as empresas que precisam ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc tem que ter uma habitação específica para aquele país!

      Excluir
    2. Sou habilitado categoria ae,tenho cursos Mopp,direca ,defensiva,Cargas Indivisíveis,Munch,hoje dirijo ônibus.

      Excluir
  5. Eu também. Sempre sonhei com uma oportunidade dessas...
    Estou aí! Se quiserem....😍👍

    JÁ sou carreteiro!

    ResponderExcluir
  6. Possuo habilitação categoria D, inglês intermediário e visto americano válido. Como faço pra me candidatar?

    ResponderExcluir
  7. Bom dia meu sonho trabalhar fora do país motorista

    ResponderExcluir
  8. Gente a nossa carteira de motorista não vale no Estados unidos!

    ResponderExcluir
  9. Parese bom poren é muito burocratico

    ResponderExcluir
  10. Se aqui no Brasil já é difícil iniciar em uma empresa como motorista ainda mais sem experiência, imagina migrar para os EUA com os altos custos que eles oferecem para iniciar a vida por lá.Quem hj tem os valores descritos no texto para iniciar a vida lá no EUA?imagino 99% não tem os Mils que cobram lá.É um sonho poder viver em um país como os EUA, más,porém, como estes custos, só tendo bala na agulha mesmo.

    ResponderExcluir
  11. Preciso trabalha dou disponível

    ResponderExcluir
  12. Pelas regras deles que são exigidas com certeza vão ficar sem motoristas

    ResponderExcluir
  13. Quero uma oportunidade dessas

    ResponderExcluir
  14. Boa noite me chama no watswap 015996029856 , estou disposto a ir para o EUA

    ResponderExcluir
  15. BOM DIA A TODOS!

    TAMBÉM QUERO OPORTUNIDADE, FUI ATÉ AQUI NO RECIFE - PE NO ESCRITÓRIO DO CANADÁ. VÃO FICA SEM MOTORISTAS MESMO. OS QUE TEM DISPOSIÇÃO PARA VIAGENS FEITO NOS, NÃO TEMOS OPORTUNIDADE FORA, NEM AQUI PARA MELHORA SERVIÇO. JÁ ESTOU SAINDO DE CAMINHÃO. QUE OS QUE FAZEM ESSAS BARREIRAS ENGATE UM CAMINHÃO NO OUTRO VÁ FAZER AS ENTREGAS.SERIO PAREI DE VIAJAR ESTOU MUDANDO DE FUNÇÃO. TODOS OS DIAS ESTOU EM CASA COM MINHA FAMÍLIA. MAS UM BRASILEIRO VENCIDO PELO SISTEMA CAPITALISTA E ANTI-SOCIAL!

    ResponderExcluir
  16. Eu sou motorista de carreta profissional já trabalhei em carretas ls e bitrem por muitos anos mas aqui no brasil muitos motorista professional ja estao largando a profissao eu ja tenho um ano e meio sem trabalha em carreta eu estou em outra profissao porq aqui no brasil nao vale apena trabalhar como motorista e um sonho d qualquer motorista trabalhar em um pais de primeiro mundo como os estados unidos

    ResponderExcluir
  17. Digo a todos AI no Brazil vale a pena e muito,EU Tina uma empress de revestimentos comerciais aqui naflorida por15 anos,com 12 funcionarios fechei larguei tudo e pulei em uma cegonha,spear deficar longe da familia estou muito contente com a decision q romeo boa sorter a yodos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola amigo qria saber mais informaçoes como é o trabalho ai sou motorista aqui cat E e estou disposto a ir trabalhar em um novo pais poderia nos ajudar?

      Excluir
  18. Ter disponibilidade,ter vontade,ter coragem de virar 360 graus a sua vida ,seus costumes ,infelizmente não e suficiente.
    Precisa-se de dinheiro muito dinheiro.oportunidade existe.
    Mas e pra poucos.
    Também trabalho a muitos anos (17)anos nessa linda profissão.
    Desvalorizada pela própria classe ,e por vagabundo drogados que nos desmoraliza perante um sistema falho de transporte.
    Oportunidade que queria muito ter de trabalhar com um caminhão nós USA .
    Mas minha indignação pelo alto custo da legalização e permanencia no país .
    Mas se for um propósito de Deus quem sabe um dia.

    ResponderExcluir
  19. eles estão precisando, nós estamos dispostos a ir trabalhar, é só juntar a fome com a vontade de comer, que eles facilitem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. cara lá não e aqui se fosse aqui isso já tava resolvido ate os que trabalha aqui já tinha perdido o seu trabalho e o presidente ia pessoalmente busca eles aqui tudo e facil pra imigrantes só os outros lugares que não

      Excluir
  20. Eu trabalhei com 9 eixos por mais de 6 anos hoje trabalho com carreta ls transporto asfalto! Queria ter uma chance de trabalhar por lê não muito tempo só 3 anos para mim estaria bom!

    ResponderExcluir
  21. Se estivesse uma empresa como Walmart de grade porte que regrutasse ou seja fisece uma seleção com candidatos Brasileiros seria bom!

    ResponderExcluir
  22. Se alguém souber como podemos mandar um currículo pode entrar em contato comigo blz? Meu ZAP 62 994705353 carlo Antonio

    ResponderExcluir
  23. caminhoneiro que fala inglês fluente kkkkkkkkkk piada

    ResponderExcluir
  24. É pra começar que dia mesmo, se tiver precisando de boiadeiro qualificado quem vai ta aqui viu. Inglês é o mais a se aprender pra isso tem varias escolas aqui no brasil pra ensinar,
    Good night to see you and I'm waiting for you, it's me.

    ResponderExcluir
  25. Estou pronto pra ir e só chamar

    ResponderExcluir
  26. Como a gente fais pra ter mais informação e pider entrar em contato.

    ResponderExcluir
  27. Procurando um profissional ta aki categoria (E)..meu email 24250marcosjunior@gmail.com

    ResponderExcluir
  28. Sou carreteiro no Brasil e cidadão italiano e trabalhei na Europa por 11 anos,g gostaria de trabalhar na América!!

    ResponderExcluir
  29. Gostaria muito de ir nessa TB, yeabtraba, trabalhar e trabalhar!!!?

    ResponderExcluir
  30. Eles, lá nos estados unidos estão na verdade é esperando os caminhões serem dirigidos por robôs! E tenho dito.

    ResponderExcluir
  31. Rafael Alves19 março, 2019

    Meu sonho era um emprego desse,, já q aqui no Brasil o profissional infelizmente não é valorizado

    ResponderExcluir