Região Sul tem o litro do diesel mais barato do País

O Índice de Preços Ticket Log (IPTL) revela que, em janeiro, o preço médio do litro do diesel foi de R$ 3,636. O combustível registrou queda em todas as regiões e segue com a tendência de redução registrada nos últimos meses. A Região Norte é a que apresenta a maior diferença, devido principalmente ao Estado de Roraima, que deixou de ter uma média de R$ 3,980 e caiu para R$ 3,690, o equivalente a 7,29% do valor.
"O IPTL mostra que o preço do diesel segue em queda. Se realizarmos um comparativo com os últimos três meses da Região Norte, que concentra as médias mais altas, em novembro, o diesel custava R$ 4,015; em dezembro, R$ 3,898. Agora está em R$ 3,843", detalha o Diretor-Geral de Frota e Soluções de Mobilidade da Edenred Brasil, Jean-Urbain Hubau.
O Sul, o Sudeste e o Nordeste são as regiões com os menores preços, com médias de R$ 3,379, R$ 3,486 e R$ 3,665, respectivamente. Na Região Sul, o Estado que se destaca é o Paraná, com o litro vendido a R$ 3,160 – o valor mais baixo do País. São Paulo destaca-se com o preço do litro mais barato do Sudeste, R$ 3,299. Por fim, a Região Nordeste, onde o Rio Grande do Norte tem média de R$ 3,550.
As Regiões Norte e Centro-Oeste, concentram os preços mais elevados, com média de R$ 3,843 e R$ 3,696, respectivamente. Na Região Norte, o Amapá tem média de R$ 4,390, superior a qualquer outro Estado, e registrou o maior aumento nacional: no mês anterior, o combustível custava R$ 4,261, um acréscimo de 3,04%. Já no Centro-Oeste, Mato Grosso tem o diesel mais caro da região, R$ 3,840.
O IPTL também apresenta o preço médio do diesel em trechos das principais rodovias brasileiras. Na Fernão Dias, o motorista que sai de São Paulo e abastece no trecho de Minas Gerais encontra um valor 4,5% mais caro pelo litro do combustível. Na Rodovia Presidente Dutra, acontece o mesmo cenário. De São Paulo para o Rio de Janeiro, o preço médio do diesel registra um aumento de 7%.
Diesel S-10
O diesel S-10 também continua a apresentar redução no País. No Sul, o combustível registrou o menor preço médio, R$ 3,453. No mês anterior, a média foi de R$ 3,457, valor 0,11% mais caro.
Apesar de ser o Estado com o menor preço médio do litro, o Paraná obteve o maior aumento do S-10, que passou de R$ 3,199 para R$ 3,279, ou 2,5%. Em contrapartida, o Amazonas, Estado da Região Norte com a maior média (R$ 3,903), sofreu a maior queda, 2,57%. O combustível, de R$ 3,890, passou para R$ 3,790.

Comparativo de preços por região
Comparativo de preços por Estado
FONTE: Divulgação
FOTO: Marcelo Camargo 

Postar um comentário

0 Comentários