Transportadora Brasil Central compra 100 caminhões Mercedes-Benz Actros 2651

Com o objetivo de renovar e ampliar a frota, a Transportadora Brasil Central, empresa goiana com 39 anos de experiência no transporte rodoviário de cargas e referência no segmento do agronegócio, fechou recentemente a compra de 100 caminhões Mercedes-Benz Actros 2651 6x4.
“Desse volume, 70 unidades são para renovação de frota e os outros 30 caminhões para ampliação”, confirmou Glorivan Parreira França, diretor geral da Transportadora Brasil Central. “As perspectivas para o agronegócio são muito boas para 2019. O setor se manteve aquecido nos últimos anos, independentemente das oscilações da economia, gerando muitos negócios e puxando o crescimento do País. Com a nova frota, estamos cada vez mais preparados para atender às demandas dos nossos clientes”.
Segundo a empresa, fatores como robustez, baixo consumo de combustível, tecnologia avançada e o excelente conforto para os motoristas, foram fatores decisivos na escolha do modelo. “O Actros melhorou muito nos últimos anos ao atender às necessidades e sugestões de quem transporta cargas pelo País. A Mercedes-Benz ouviu nossas opiniões e efetivamente está entregando um novo extrapesado”, diz Glorivan. “Testamos o Actros 2651 durante um ano em nossas operações e ficamos muito satisfeitos, como também os nossos motoristas, daí a escolha do modelo para renovação e ampliação de frota”. 
O lote expressivo conta com cabine Megaspace, versão top de linha oferecida pela montadora no país. “Essa cabina é ampla, confortável e muito macia, com piso plano, ar condicionado e geladeira, tudo para que nossos motoristas se sintam em casa. Afinal, eles praticamente moram no caminhão, devido aos longos percursos rodoviários até portos graneleiros como os de Paranaguá, no Paraná, ou Miritituba, no Pará”, completou o executivo. 
Com a recente compra, a frota da Transportadora Brasil Central passa a contar com 280 caminhões, deste montante 60% carregam a consagrada estrela de três montadoras da marca alemã. Atualmente a frota é responsável pelo transporte de soja, milho, sorgo, girassol, insumos agrícolas, fertilizantes, sementes, caroço de algodão, açúcar, areia, cimento, calcário e gesso agrícola. Somente em 2018, a empresa movimentou 3 milhões de toneladas de produtos agrícolas. 

TEXTO: Lucas Duarte
Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário