Suécia passa a contar com caminhões Scania XT P 370 6x6 para combate de incêndios

Com o objetivo de evitar incêndios florestais de grandes proporções, como os que ocorreram no último verão da Suécia e foram classificados como os piores da história,  a Eksjö Rescue Services, no sul da Suécia, recebeu recentemente um caminhão-tanque de bombeiros Scania XT P 370, projetado especificamente para operações em florestas de alta densidade.

Construído sobre um chassi XT 6×6 padrão, o modelo que possui excelente manobrabilidade em terrenos acidentados, conta com um tanque de água com capacidade para armazenar 6.000 litros e pneus off-road. “O que distingue este caminhão é a flexibilidade da fixação entre o chassi e a carroceria, a fim de lidar com o movimento desigual no terreno”, diz Johan Sand na concessionária Atteviks Scania.

“Considerando a carga útil, poderíamos ter construído tanques de maior volume, mas isso teria afetado adversamente a manobrabilidade no terreno. E 6.000 litros normalmente são adequados para pulverizações, geralmente usando não mais do que 100 litros por minuto ”, explicou Micael Carlsson, chefe dos Serviços de Resgate Eksjö.


Substituto de um veterano
Os serviços de resgate Eksjö tinham anteriormente um caminhão tático Saab-Scania SBAT 111S 6 × 6 ex-exército - o acrônimo para Special Bulldog Allwheeldrive Tandem - de 1976, primeiro por empréstimo e subsequentemente doado pelas forças armadas. “Aquele era um caminhão realmente, mas foi aposentado após 42 anos,  as peças de reposição estavam cada vez mais difíceis de serem obtidas”, diz  Carlsson.

O objetivo da empresa de resgate era substituir o caminhão antigo por um moderno equipamento de bombeiros. “No entanto, não tínhamos orçamento para um veículo personalizado e estávamos procurando atender nossos requisitos usando componentes prontos para uso.”, revelou. 

Após discussões com a concessionária Scania, um chassi de pedido especial foi projetado usando componentes padrão com carroceria da Sala Brand. "Nós ainda não usamos ativamente o veículo, mas nossa equipe treinou com o novo caminhão", diz Carlsson. “Ele executa quase tão bem quanto o SBAT com outro nível de conforto e segurança.”, concluiu. 
TEXTO: Lucas Duarte

Postar um comentário

0 Comentários