PACCAR atinge recorde de receitas trimestrais e lucros excelentes

“A PACCAR reportou receitas trimestrais recordes e excelente lucro líquido no primeiro trimestre de 2018”, disse Ron Armstrong, CEO. “A PACCAR se beneficiou do recorde de entregas trimestrais de caminhões, impulsionadas pela forte participação de mercado e robusta demanda global por caminhões. Estou muito orgulhoso de nossos 26.000 colaboradores, que entregaram produtos e serviços líderes da indústria aos nossos clientes”.
As vendas líquidas e as receitas dos serviços financeiros no primeiro trimestre de 2018 foram de US$5,65 bilhões, 33% maior que os US$4,24 bilhões ganhos no primeiro trimestre de 2017. A PACCAR obteve receita líquida de US$512,1 milhões (US$1,45 por ação diluída) no primeiro trimestre deste ano; 65% maior que os US$310,3 milhões (US$0,88 por ação diluída) obtidos no mesmo período do ano passado.
Ron Armstrong acrescentou: “o excelente balanço e o sólido fluxo de caixa operacional da PACCAR permitiram que a empresa investisse US$3,0 bilhões em novas instalações, produtos e serviços durante os últimos cinco anos. Os novos veículos da Kenworth, Peterbilt e DAF, e o trem de força integrado da PACCAR, aprimoraram as instalações de produção de caminhões e motores. Os novos centros de distribuição da PACCAR Parts (PDCs) e as lojas TRP estão contribuindo para o crescimento da PACCAR em longo prazo”.

Destaques – primeiro trimestre de 2018
Os destaques dos resultados financeiros da PACCAR durante o primeiro trimestre de 2018 incluem:
• Recorde de vendas consolidadas e receitas líquidas de US$5,65 bilhões;
• Lucro líquido de US$512,1 milhões;
• Recorde de receitas da PACCAR Parts de US$939,9 milhões e lucros antes dos impostos de US$191,8 milhões;
• Caixa fornecido pelas operações no valor de US$528,5 milhões;
• Despesas com pesquisa e desenvolvimento no valor de US$76,0 milhões;
• Caixa de produção e títulos negociáveis no valor de US$3,47 bilhões;
• Excelente patrimônio líquido de US$8,57 bilhões.
“A PACCAR obteve notável desempenho financeiro no primeiro trimestre de 2018. O aumento da demanda de caminhões e peças pós-vendas, e a excelente alavancagem operacional devido ao aumento da produção, entrega de caminhões, peças, e outras margens brutas, foram de 14,8%”, observou Harrie Schippers, Presidente e CFO da PACCAR. “Os lucros líquidos trimestrais também aumentaram devido à nova lei fiscal dos EUA. A PACCAR obteve uma média anual de US$2,4 bilhões em fluxo de caixa operacional nos últimos cinco anos. Os recentes investimentos da PACCAR em instalações para produção de caminhões e motores, deram capacidade para a companhia continuar a aumentar sua participação de mercado. Os fornecedores parceiros tiveram um bom desempenho com o au mento da produção da indústria”.

Mercados globais de caminhão
“Os pedidos da indústria de caminhões Classe 8, no primeiro trimestre de 2018, nos EUA e Canadá, mais do que dobraram em relação ao mesmo período do ano passado”, disse Gary Moore, Vice-Presidente Executivo da PACCAR. O mercado de caminhões reflete a forte economia e a excelente demanda por frete. Aumentamos nossa estimativa de vendas no varejo de caminhões Classe 8 em 2018 para os EUA e Canadá, para uma faixa de 265.000-285.000 veículos”.
Os pedidos da DAF para caminhões acima de 16 toneladas aumentaram 41% no primeiro trimestre de 2018, em comparação com o mesmo período do ano passado. “A nova instalação para pintura de última geração da DAF, no valor de US$110 milhões em Westerlo, na Bélgica, expandiu a capacidade de produção, permitindo que a companhia aumentasse a participação neste forte mercado de caminhões este ano”, disse Preston Feight, Presidente da DAF e Vice-Presidente da PACCAR. “A DAF atingiu excelente participação de mercado no primeiro trimestre de 2018 no segmento europeu de caminhões acima de 16 toneladas para 16,4%”. Estima-se que o emplacamento de caminhões europeus esteja na faixa de 300.000-320.000 veículos em 2018.
Recentemente, a PACCAR aumentou seus investimentos na América do Sul, expandindo sua primeira linha de caminhões da DAF no Brasil e na região andina, e abrindo um novo Centro de Distribuição de Peças na Cidade do Panamá. O mercado brasileiro para caminhões acima de 16 toneladas tem projeção de aumentar para 40.000-45.000 veículos em 2018, em comparação com os 32.000 do ano passado. “A expansão do mercado de caminhões e a maior participação de mercado da DAF Brasil impulsionaram o aumento da produção”, disse Michael Kuester, Presidente da DAF Brasil.
FONTE: Paccar 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário