VIA 040 recupera trecho do Anel Rodoviário de Belo Horizonte em menos de 24 horas

A concessão de rodovias à iniciativa privada sempre foi alvo de inúmeros questionamentos, dúvidas e críticas no Brasil. Apesar da grande polêmica em torno deste assunto, situações como a ocorrida nesta segunda-feira (12) em Belo Horizonte, Minas Gerais, ressaltam os benefícios e eficiência da presença das concessionárias nos principais trechos rodoviários do país. 
Na tarde desta segunda-feira (12), por volta das 14h um trecho do Anel Rodoviário, única e principal via de ligação da BR-040 a BR-381, foi surpreendido por uma cratera na cabeceira de um viaduto, que interditou o trânsito em duas faixas da via que corta a capital mineira.
Cientes da responsabilidade pelo trecho afetado e pelos transtornos que seriam gerados em toda a cidade, equipes da concessionária VIA 040 se deslocaram até o local para avaliar as causas e soluções de curto prazo para o problema. 
Em apenas 15 horas de trabalho, que se estendeu pela madrugada desta terça-feira (13) o trecho afetado pela cratera foi totalmente recuperado e liberado no início da manhã. De acordo com a concessionária uma força-tarefa composta por 25 homens foi empregada na solução do problema, que incluiu a recuperação do solo, pavimentação e repintura da sinalização horizontal. 
Em nota a concessionária VIA 040 destacou que o buraco não prejudicou a estrutura do viaduto e que o volume atípico de chuvas registrado na capital mineira nos últimos dias foi a causa do afundamento do asfalto.
Diante da rápida correção do problema, verifica-se que um dos benefícios das concessões rodoviárias é a desburocratização de medidas e ações para a realização de obras, sejam elas emergenciais ou não. Destaca-se ainda o curto prazo de execução dos serviços e a minimização dos impactos aos usuários, diferente de como tem sido visto em diversas rodovias federais do país que não foram privatizadas e seguem com trechos bloqueados a vários dias e semanas por buracos, deslizamentos e quedas de pontes.

TEXTO:
Lucas Duarte

Blog Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário