Scania entrega primeiras unidades dos modelos R 450 e R 510

Passados exatamente quatros meses desde à apresentação de novos produtos e soluções durante a Fenatran 2017, a Scania realizou no último dia 20 de fevereiro a entrega das primeiras unidades dos modelos R 450 e R510. As duas primeiras unidades que serão empregadas no transporte de grãos foram adquiridas pelo Grupo G10, um dos principais clientes da marca no país. 
Além do recebimento dos novos veículos, os proprietários da transportadora Transpanorama, Cláudio Adamuccio e Valdecir Adamucho, com o sucessor, Guilherme Adamucho, visitaram as áreas de montagem de motores e de chassis. A iniciativa teve como foco principal os processos envolvidos na produção dos novos motores. Acompanharam a visita Christopher Podgorski, presidente e CEO da Scania América Latina, Roberto Barral, vice-presidente das operações comerciais da Scania no Brasil, Bruno D’Angelo, gerente de negócios da Scania Brasil, e representantes da PB Lopes, concessionária responsável pela venda. 
“A parceria com o G10 já existe há muitos anos. Eles já visitaram a fábrica muitas vezes, mas a novidade ficou por conta da apresentação personalizada, focando em comprovar de perto os diferenciais dos novos motores desde a montagem, antes mesmo do caminhão estar finalizado”, comenta Ricardo Vitorasso, diretor de Vendas de Caminhões.  
“Começamos o ano com a renovação de grandes frotas nacionais, especialmente para atender grãos. Os clientes que reconhecem o investimento nos veículos Scania e sabem que possuem desempenho superior ao mercado, atrelado ao menor custo operacional”, enfatiza o diretor. “A expectativa é aumentar as vendas de novos motores para todos os segmentos rodoviários do Brasil”, finaliza.
Em 2017, além da aquisição dos primeiros modelos R 450 e R 510 durante a Fenatran, o Grupo G10 foi responsável pela aquisição de 200 novos modelos Scania. As últimas vendas envolveram os modelos R 440, nas configurações 4x2 e 6x2, e o R 480, na configuração 6x4.  
Novos modelos Scania R 450 e R 510
Reforçando o comprometimento da marca com a evolução contínua de seus produtos e a redução do custo total de operação das transportadoras, a Scania apresentou no último ano duas novas opções de motorização. 

Com potências de 450 e 510 cavalos, os novos motores são a evolução do propulsor de 13 litros, tendo como foco a rentabilidade, priorizando a economia de combustível e o melhor desempenho, com a maior velocidade média da categoria.
Com seis cilindros em linha a versão com 450 cv atinge a potência máxima a 1.900 rpm, com torque de 2.350Nm disponível entre 1.000 a 1.300 rpm. Já na versão de 510 cv, o pico de potência é a 1.900 rpm, e o torque máximo de 2.550Nm está entre 1.000 a 1.300 rpm.
Com o lançamento dos novos motores, a Linha R (Highline e Streamline) para o uso rodoviário passa a contar seis potências, sendo as duas novas em complemento às quatro atuais de 360cv, 400cv, 440cv e 480cv. 
Segundo a montadora, a diferença de preço do R440 para o R450 será de apenas 4%, valor que será rapidamente compensado ao longo da operação, já que um dos grandes destaques da nova linha de motores é a redução de até 5% no consumo de combustível.

LEIA: Scania amplia linha rodoviária com os novos modelos R450 e R510 

TEXTO: Lucas Duarte
Blog Caminhões e Carretas 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário