PRF aplicou mais de cinco milhões de autuações nas rodovias do país em 2017

Em 2017, houve quase 5 vezes mais infrações de trânsito em rodovias federais do que em 2016, segundo dados da Polícia Rodoviária Federal. No ano passado foram aplicadas mais de cinco milhões de autuações em todo o Brasil.
Velocidade acima da permitida, falta de cinto de segurança, ultrapassagem proibida, além de transitar em rodovias com os faróis desligados foram as principais causas de infração.
No caso do farol, que passou a ser uma obrigatoriedade em 2017, o porta-voz da PRF, Diego Brandão, explica que houve vantagens.
Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina estão no topo da lista com o maior número de acidentes, mortes e feridos. Em relação ao consumo de álcool, em 2017 a PRF realizou mais de 2 milhões de testes de alcoolemia. Um aumento de 6,9 por cento em relação a 2016.
5.900 motoristas foram presos por apresentarem alto índice de álcool no sangue, o que representa crime no trânsito. Os paranaenses, sul rio grandenses e os catarinenses foram os mais autuados em todo o Brasil, por beber e dirigir.
Em 2017 a PRF ainda apreendeu 400 toneladas de maconha, 1 tonelada e meia de crack e 10 toneladas de cocaína, além de quase 10 milhões de pacotes de cigarros contrabandeados.
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário