Estrela das Estradas


Casas Scania

IVECO A gente nao para

Scania apresenta soluções para o agronegócio na 12ª Expodireto Cotrijal

A Scania Brasil exibirá três veículos das séries G e R na 12ª edição da Expodireto Cotrijal (Feira Internacional do Agronegócio), que será realizada entre os dias 14 e 18 de março na cidade de Não-Me-Toque (RS). No evento, considerado um dos mais importantes do setor graneleiro, serão apresentados os modelos R 380 4x2, R 470 4x2 e o líder de vendas da montadora sueca, o G 420 6x4. 
O veículo R 470 4X2 é indicado principalmente para o transporte de líquidos e cargas fracionadas e paletizadas com tanque, baú e sider. Possui motor de 12 litros e 470 cavalos de potência. Já o modelo R380 4X2, também com motor de 12 litros, é ideal para transporte de carga industrial e possui potência de 380 cavalos.  Já o veículo G 420 6x4 é ideal para utilização em composições bitrem e rodotrem e pode transportar até 74 toneladas. No estande, o cliente poderá consultar as condições especiais de financiamento dos veículos, assim como das peças de reposição.
  
Soluções completas para o transporte de grãos
A Scania também apresentará na Feira suas "Soluções Completas para o transporte", ou seja, serviços exclusivos que proporcionam aos clientes do segmento de grãos mais economia na hora da manutenção dos veículos e atendimento local para garantir a máxima eficiência operacional, o que inclui toda uma logística especial para o fornecimento de peças.
Além disso, a montadora oferece treinamento aos operadores e consultoria de profissionais dedicados às aplicações do setor de graneleiro, com o compromisso de personalizar os serviços conforme as necessidades de cada cliente. Esta forma de atuação resulta em mais economia, disponibilidade e produtividade dos caminhões Scania.
A cidade de Não-Me-Toque está localizada a 300 km de Porto Alegre, e destaca-se pelas indústrias de implementos agrícolas, pela produção de grãos e pela diversidade no agronegócio. A Expodireto Cotrijal reúne mais de 120 mil pessoas por edição e projetou a região como referência nacional do agronegócio.

Postar um comentário

0 Comentários