Estrela das Estradas


Casas Scania

IVECO A gente nao para

Rodo Linea: Bitrem graneleiro

AS VANTAGENS DE SER RODO LINEA

- Flexibilidade dada pela viga “I” e travessas passantes em “Z”;
- Maior resistência do produto quando submetido a esforços em terrenos irregulares, devido à utilização de aços estruturais;
- Melhor distribuição dos esforços devido à localização do centro de simetria na própria travessa “Z”.


ESTRUTURA

- Longarinas em viga “I”, com travessas inteiriças e passantes em “Z”, confeccionadas em chapa de aço estrutural de alta resistência LNE 26 NBR 6655 E;
- Pino-rei flangeado Ø 2’’, conforme a norma NBR 5548;
- Acoplamento adequado a veículos 6x2 e 6x4;
- Semi-reboque dianteiro com 5ª roda de Ø 2’’
- Perfil lateral de amarração que fecha o contorno em chapa dobrada LN 20 NBR 6655.


SUSPENSÃO

- Suspensão de 02 eixos (em tandem), sistema balancim, com feixe de molas tratadas pelo processo “Shoot-Peening”, montadas em suportes, adequadamente ligadas aos braços tensores;
- Utiliza pinos moleculares, componentes que proporcionam maior durabilidade e segurança ao conjunto.


CAIXA DE CARGA

- Assoalho em compensado naval;
- Fueiros metálicos removíveis;
- Carretéis para enlonamento em toda a extensão da caixa;
- Tira-finos em alumínio em duas posições;
- 02 catracas para amarração de carga por semi-reboque;
- Correntes internas com travas para fixação das grades laterais.


Graneleira


- Caixa de carga com 700x700x300 mm de altura;
- 12 grades laterais de madeira removíveis e intercambiáveis;
- 02 grades de madeira na traseira, sendo a inferior basculante;
- Frontal metálica removível, em duas partes;
- 08 bocas de escoamento no assoalho;
- Arcos para enlonamento, sobre as grades, em toda a extensão da caixa de carga.


ACESSÓRIOS

 Macaco mecânico de duas velocidades;
 Caixa de cozinha (1º semi-reboque);
 Caixa metálica para ferramentas (1º semi-reboque);
 Corote para água e sabão (1º semi-reboque);
 Porta-estepe tipo cesto, para dois pneus (1º semi-reboque);
 Pintura emborrachada nas grades;
 Suspensor pneumático no 1º eixo (semi-reboque dianteiro e traseiro);
 Lonas plásticas (somente para graneleira);
 Pára-choque de acordo com a Resolução no 152/03 do CONTRAN;
 Pára-lamas confeccionados em plástico de alta resistência;
 Pára-barro de borracha nos pára-lamas;
 Faixas refletivas;
 Ganchos rebocadores na traseira;
 Plataforma antiderrapante entre os semi-reboques para maior facilidade nas operações de enlonamento.


OPCIONAIS

 Aparelho de levantamento hidropneumático;
 Assoalho em madeira de lei;
 Assoalho em chapa xadrez;
 Grades de diferentes tamanhos;
 Pneus;
 Cubos de roda a disco;
 Rodas de alumínio;
 Suspensão a ar;
 Freios ABS;
 Ajustador automático de freio;
 Protetor lateral.


EIXOS

- Do tipo tubular retangular, montado com rolamentos de rolos cônicos, que facilitam a centragem do cubo e absorvem esforços axiais e radiais;
- Cubos de roda raiados, com tambores de freio, dimensionados para dar o máximo rendimento na operação de frenagem;
- Fornecido com 17 aros de roda (opcional pneu sem câmara).


INSTALAÇÃO A AR

Sistema composto de:
 Reservatório de ar;
 Engate de ar tipo “mão de amigo”;
 Válvulas de distribuição;
 Válvula de descarga rápida;
 Tubulação de ar em tubos de nylon com alta resistência.


FREIOS

- A ar comprimido, “tubeless”, com diâmetro de 16,5 x 8” e sistema “S” came;
- Duas linhas de alimentação (emergência e serviço), conforme Resolução 777/93 do CONTRAN, garantindo segurança ao sistema;
- Último eixo de cada semi-reboque com câmaras de freio “Spring Brake”, conforme Resolução 777/93 do CONTRAN.
FONTE: RODO LINEA

Postar um comentário

0 Comentários