Roubo de cargas cai 70% após início da Operação Égide

A Operação Égide da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que começou no dia 10 de julho, já traz resultados expressivos. Em agosto, foram registrados 37 casos de roubo de cargas enquanto a média mensal até julho era de 95 casos. Com isso, a PRF contabiliza uma redução de 70% nos crimes de roubo de cargas nas rodovias federais de acesso ao Estado do Rio de Janeiro. 
O ministro da Justiça, Torquato Jardim, fez uma avaliação positiva das operações realizadas no Rio de Janeiro. “Onde, quando e como (houve a maior redução), não posso dizer. Senão, vou entregar o meu modo de operação. Meu papel é não entregar o ouro ao bandido”, disse Torquato Jardim. 
De acordo com o ministro, de 10 de julho a 27 de agosto houve 2.706 prisões em flagrante ou de foragidos em rodovias de acesso ao estado durante a Operação Rio, que faz parte da Operação Égide. No período, foram apreendidas 6,6 toneladas de maconha e 1,5 tonelada de cocaína e crack. Também houve a apreensão de 179 armas, além da recuperação de 490 veículos que tinham sido roubados. 
A Operação
O Rio de Janeiro recebeu um efetivo extra de 380 integrantes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para desenvolver a Operação Égide – com foco no combate ao roubo de cargas. Os policiais estão atuando também na fiscalização de trânsito e combate a crimes diversos nas rodovias federais que cortam o estado.
As ações seguem os moldes do trabalho realizado pelos agentes nos Jogos Rio 2016 e Copa do Mundo 2014. Uma parte do efetivo da Força Nacional de Segurança Pública que já em operação no Rio de Janeiro está trabalhando em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal.
FONTE: PRF 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário