IVECO BUS entrega o primeiro chassi 170S28 para a Trans-Bus

O primeiro chassi 170S28 da IVECO BUS já roda na região do Grande ABC na frota da Trans-Bus Transportes Coletivos. A empresa de transporte urbano de São Bernardo do Campo (SP), que completa 53 anos de operação em 2017, escolheu o veículo que já faz parte de frotas no Brasil e na América Latina. O destaque do modelo está no sistema de plataforma elevatória na porta central para passageiros com mobilidade reduzida. 
Gustavo Serizawa, gerente de Marketing de Produto da IVECO BUS para a América Latina, ressalta a importância da parceria com a empresa paulista. “Fazer parte da frota da Trans-Bus posiciona a marca e nosso produto em mais um grande operador do setor. O cliente testou e comprovou a relação custo/benefício do chassi e o bom desempenho do veículo.” 
A IVECO BUS, marca da CNH Industrial, proporciona ao mercado uma opção para o transporte de passageiros, reunindo atributos como resistência, baixo custo de manutenção e alta tecnologia. Projetado e fabricado no Complexo Industrial da Iveco, em Sete Lagoas (MG), onde é submetido a rigorosos testes no Campo de Provas da montadora, o modelo de 17 toneladas está disponível em duas configurações, urbano e fretamento, atendendo demandas para transporte urbano e intermunicipal. 
"Nossa escolha pelo chassi 170S28 da IVECO BUS levou em conta fatores como a economia de combustível e a durabilidade da estrutura", afirma José Ricardo Fogli, diretor da Trans-Bus. 
Chassi 170S28 
O chassi 170S28 apresenta evoluções tecnológicas para oferecer ao cliente a garantia de um produto robusto. Com reforço estrutural, o projeto foi criado para dar resistência extra ao veículo nas aplicações urbanas e de fretamento, facilitando a manutenção e diminuindo, por exemplo, o tempo de treinamento dos funcionários que farão a revisão dos ônibus. 
A força do modelo da Iveco Bus deve-se ao motor N67, da FPT Industrial, com seis cilindros em linha. O propulsor de 6,7 litros, com sistema SCR, atende as normas do Proconve-P7 e é capaz de gerar potência máxima de 280 cv, a maior do segmento. O torque chega a 950 Nm, já disponíveis na faixa de 1.250 a 1.950 rpm. A curva plana de torque e a grande disponibilidade de força em baixas rotações garante, de uma só vez, mais economia de combustível e mais conforto para o motorista, evitando constantes trocas de marchas. 
Desenvolver um veículo de transporte de passageiros envolve tecnologia avançada para oferecer conforto e bem-estar a bordo. O chassi 170S28 foi projetado também com esse foco. A transmissão utilizada é ZF, manual, de seis marchas, com escalonamento compatível com as operações urbanas e rodoviárias. O sistema permite uma condução mais suave e melhor desempenho operacional, sem deixar de lado a economia de combustível.
FONTE: Iveco 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário