Omnilink reforça telemetria com caixa preta para caminhões

A Omnilink, reconhecida pela oferta de soluções tecnológicas voltadas à segurança e prevenção de riscos, gestão de frotas, monitoramento de veículos e telemetria, reforça sua oferta de telemetria indicada a caminhões com mais um componente para aumentar os níveis de segurança e prevenir as causas de acidentes: a Caixa Preta. O equipamento grava os eventos ocorridos com os veículos para que os gestores das frotas tenham informações detalhadas para ações preventivas, a fim de reduzir multas e acidentes.
A Caixa Preta da Omnilink é um componente adicional, que traz uma gama ainda maior de informações em caso de acidente e pode ser contratada juntamente com a solução Omnitelemetria CAN. Ela utiliza as informações do sistema CAN do caminhão para monitorar até oito parâmetros pré-determinados em tempo real, tais como: o acionamento do freio e do acelerador do veículo, uso do limpador de para-brisas, a rotação do motor, utilização da embreagem, entre outros. Além disso, possibilita gravar os eventos ocorridos na cabine do caminhão até 48 horas antes de um acidente.
“Sabemos a importância da segurança veicular e dos motoristas para nossos clientes e o quanto prover informações detalhadas e assertivas é fundamental para a prevenção de acidentes. Por esta razão, fortalecemos nossa solução de telemetria, oferecendo mais funcionalidades para uma gestão aprimorada”, afirma Gilberto Vasconcelos, diretor comercial da Omnilink.
FONTE: Divulgação 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. A importância dos sistemas de iluminação para camiões, carros e rodovias é uma das chaves do desenvolvimento económico do pais. Melhorar a iluminação da rede de estradas, rodovias e autoestradas no Brasil mostra-se como necessidade de primeiro ordem. Sem veículos de qualidade e estradas rápidas e seguras o transporte de mercancias risca reduzir as possibilidades económicas. Todo aquilo em relação com o monitoramento garantirá seguridade e qualidade de serviço. Ainda temos muito a fazer no país.

    ResponderExcluir