Vendas de implementos tem retração de 26,82% no trimestre

A Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir) registrou no primeiro trimestre de 2017 retração de 26,82% no volume de emplacamentos de produtos com relação aos três primeiros meses de 2016. A indústria entregou ao mercado doméstico 11.445 unidades ante 15.640 registrados no primeiro trimestre de 2016. 
No entanto, o presidente da entidade, Alcides Braga, entende que o percentual inferior ao registrado no bimestre, recuo de 30,42% sobre janeiro e fevereiro do ano passado, representa uma boa notícia. “São os primeiros sinais de recuperação. Ainda é cedo para afirmar que esse ritmo vai se sustentar, mas eles estão aí”. 
De janeiro a março as vendas de produtos do segmento de Reboques e Semirreboques foram de 4.905 unidades ante 6.150 produtos no primeiro trimestre de 2016. No setor de carroceria sobre chassis as vendas no primeiro trimestre de 2017 foram de 6.540 unidades contra 9.490 produtos do mesmo período do ano passado. 
“O primeiro segmento a dar sinais de recuperação é o Pesado (Reboques e Semirreboques) porque está ligado aos setores da economia conectados aos grandes negócios nacionais como o agribusiness”, explica Braga. 
Para entender os rumos da economia, a Anfir solicitou à consultoria Parallaxis um estudo para avaliar quais setores deverão apresentar melhor desempenho no processo de retomada. O levantamento realizado aponta que os setores de papel e celulose, mineração, óleo e gás e grãos devem influenciar na retomada econômica. 
FONTE: Frota e Cia 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário