Roubos de cargas em caminhões aumenta 42% em cinco anos

O Paraná está entre os quatro estados do país em que há o maior número de registros de roubo de cargas. De acordo com o último levantamento da Associação Nacional do Transporte de Cargas, entre os anos de 2009 e 2014 houve um aumento de 42% no número de ocorrências.
Em 2009 foram 13.350 casos de roubo de carga no Brasil. Já em 2014, esse número pulou para 17.500. Ainda não existem dados atualizados no Paraná, já que uma delegacia especializada foi criada só no começo deste ano.
No entanto, o presidente do Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas no Paraná (Setcepar), Gilberto Cantú, afirma que as ocorrências realmente aumentaram e hoje os produtos mais visados são os de primeira necessidade.
Entre os estados com o maior número de roubo de cargas estão: Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Minas Gerais. De acordo com levantamento da Sascar, especializada na gestão de frotas de caminhões, no primeiro trimestre deste ano, o Paraná apresentou um crescimento de 5% nas ocorrências.
O delegado Rafael Vianna, titular da Delegacia de Furtos e Roubos de Carga do Paraná (DFRC), diz que em boa parte dos casos registrados há a participação de funcionários das transportadoras.
Estima-se que o prejuízo causado ultrapasse os 2 bilhões de reais em todo o país. O presidente do Setcepar explica que o roubo de cargas afeta não só as transportadoras, mas toda a cadeia produtiva, inclusive o consumidor final.
Entre os produtos mais visados para roubo no Brasil estão alimentos, cigarros, eletroeletrônicos e combustíveis.
FONTE: Band News FM
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário