Festa dos Caminhoneiros em Itabaiana pode se tornar patrimônio cultural

A deputada estadual Maria Mendonça (PP) apresentou à mesa diretora da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese) a indicação de nº 35/2016, em que pretende declarar a Festa dos Caminhoneiros de Itabaiana Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado e a incluir no Calendário Oficial de Eventos do Estado de Sergipe.
O evento foi idealizado pelo saudoso Antônio Francisco da Cunha, popularmente conhecido por Rolopeu, em 1066. A festa é considerada o maior evento de caminhões do Brasil e recebe todos os anos caminhoneiros e turistas de todo país, que vão a cidade conferir uma vasta programação festiva, enfatizando a cultura do município. Os "heróis' da estrada" são homenageados com grandes shows, brincadeiras, sorteios de prêmios, reunindo assim, a maior concentração de caminhoneiros do Estado.
Na capital do caminhão, a paixão pelo transporte de carga começa logo cedo, e são os futuros caminhoneiros que abrem todos os anos a festa. São cerca de duas mil crianças e adolescentes que participam da Carreata. Durante a programação é escolhida a Rainha dos Caminhoneiros, através de um concurso onde as mais belas da cidade desfilam em uma passarela colocada em um palco na Praça de Eventos e atraí um grande público. Um dos pontos mais marcantes de toda a festa é a carreata de caminhões realiza no dia 12. O buzinaço começa ainda de madrugada e transcorre durante todo o dia.
A autora da indicação, explicou a importância do requerimento. "Como Itabaiana já foi reconhecida pelo Congresso Nacional como a ‘capital do caminhão', nada mais justo que essa festa seja declarada patrimônio cultural e imaterial do Estado. É um evento que tem mais de cinco décadas e onde as principais empresas do segmento do caminhão, montam seus stands para expor os produtos".

Itabaiana, a Capital Nacional do Caminhão
Itabaiana tem posição estratégica, no que diz respeito ao transporte de cargas para a Região do Nordeste. O município apresenta o maior percentual de caminhões por pessoa do país, e por isso foi contemplado com o título de Capital Nacional do Caminhão. O Projeto de Lei de autoria do senador Eduardo Amorim foi aprovado e sancionado pela presidenta Dilma Rousseff no dia 20 de novembro de 2014.
FONTE: ITNet
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário