7 cuidados com as rodas do seu caminhão

Muita gente esquece, mas as rodas dos caminhões merecem uma atenção mais do que especial. Afinal, elas são fundamentais para o bom funcionamento do veículo e muitos dos seus problemas estão relacionados às falhas na manutenção e uso indevido.
Sendo assim, é importante estar sempre atento ao estado de conservação dessas rodas, para garantir que você não tenha nenhum problema inesperado e ande sempre com segurança.
Para te ajudar, listamos 7 cuidados que devemos ter com as rodas dos caminhões. Fique de olho!

1. Cuidado com o limite de segurança
O limite de segurança para o desgaste do pneu é de, no máximo, 1.6. Abaixo disso, ele passa a ser considerado “careca” e oferece vários riscos de segurança para o motorista, uma vez que aumenta as chances de derrapagens laterais e também o espaço necessário para frenagem. Com pistas molhadas, a instabilidade e os riscos aumentam, já que o pneu não consegue mais fazer a drenagem de água de forma adequada. Outro perigo é o aumento do risco de estouros.
Por isso, fique sempre de olho na profundidade dos sulcos dos pneus do seu caminhão, observando as recomendações do fabricante. Assim, você garante uma viagem mais segura e menos danos para as rodas.

2. Fique de olho na manutenção
Cuidar bem dos vários componentes do seu caminhão ajuda a manter as rodas e pneus sempre em bom estado de conservação. Sendo assim, confira sempre as peças mais importantes, como os amortecedores e molas, freios, rolamentos e eixos — todos elas têm efeito direto no desgaste das rodas.

3. Atenção ao balanceamento
Com as rodas desbalanceadas, o veículo perde tração e estabilidade, aumentando o risco de acidentes. Além disso, também gera desgastes acentuados nos pneus e em outros componentes.
Portanto, é fundamental balancear as rodas sempre que sentir vibrações inesperadas ou no momento indicado pelo fabricante — geralmente, a cada 10 mil quilômetros rodados.

4. Não se esqueça de alinhar
O alinhamento deve ser realizado sempre que o veículo alcançar a quilometragem indicada — geralmente os mesmos 10.000 km, quando os pneus apresentarem desgastes irregulares ou se houver troca de componentes da suspensão.
Se o seu caminhão já estiver puxando para um lado, é sinal que passou da hora de olhar esse importante detalhe. Com as rodas alinhadas, você diminui os desgastes prematuros dos pneus e mantém o seu veículo mais estável e seguro.

5. Calibrar é muito importante
Manter os pneus calibrados é fundamental para aumentar a durabilidade e diminuir os riscos de segurança. Entre os problemas causados pela baixa pressão, podemos citar um maior consumo de combustível, perda de estabilidade em curvas e um desgaste mais rápido e irregular.

6. Pressão demais também é ruim
O excesso de pressão nos pneus também pode ser prejudicial, já que aumenta as chances de estouro por impacto, diminui a estabilidade do veículo e provoca um desgaste maior no centro do pneu.
Por isso, siga as instruções indicadas pelo fabricante do seu caminhão e mantenha seus pneus sempre com a pressão bem calibrada. Além de mais seguro, também te ajuda a economizar.

7. Faça rodízios
O rodízio entre os pneus serve para diminuir a diferença de desgaste entre eles, aumentando a durabilidade e a eficiência. Outro ponto positivo é a melhoria de estabilidade em curvas e freadas.
Para uma vida útil mais longa e uniforme, siga sempre as instruções dos fabricantes e se informe sobre o período ideal para o rodízio dos pneus, de acordo com o modelo e tipos de carga que transporta.

Ficou com alguma dúvida? Conte pra gente nos comentários e compartilhe essas dicas com seus amigos. E não se esqueça de que os nossos especialistas estão sempre preparados para ajudar você a cuidar sempre melhor do seu caminhão!
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário