Escola de Motoristas da Tomasi Logística abre oportunidades para profissionais com pouca experiência

Tomasi Logística/Divulgação

Além de formar novos profissionais, iniciativa de gaúcha de operações logísticas abre as portas do mercado de trabalho e garante oportunidades aos motoristas

Atenta as mudanças do mercado de trabalho no transporte rodoviário de cargas, a Tomasi Logística segue investindo na formação e qualificação de profissionais que possuem pouca experiência no segmento. Dentre as iniciativas da empresa, destaca-se a Escola de Motoristas.

Segundo Edi Tomasi, diretora financeira e pessoal da empresa gaúcha de operações logísticas, a iniciativa surgiu após diversas reclamações de candidatos sem experiência. “Eles se queixavam de poucas oportunidades no mercado de trabalho. E essa demanda tem aumentado. Ao mesmo tempo, a falta de profissionais com experiência e disponíveis no mercado é uma preocupação constante do mercado. Diante do quadro, percebemos a necessidade de criar o projeto e auxiliar no desenvolvimento dos novos profissionais.” 

De acordo com a executiva, o projeto tem agradado aos novos motoristas. Para fazer parte do treinamento, os candidatos devem possuir carteira nacional de habilitação (CNH) categoria E e serem aprovados em testes psicológico e toxicológico. “O objetivo é garantir um perfil pleno para carregar as nossas cargas”, reforça ela. “Após essa etapa, e por meio de parceria, os novos motoristas realizam treinamentos no SEST/SENAT. São cursos de Direção Defensiva, Direção Econômica, Transporte Consciente, manuseio do tacógrafo, entre outros”, explica. 

Em seguida, as habilidades técnicas dos novos motoristas são avaliadas por um Gestor em um treinamento prático dentro da própria empresa.  Segundo Edi, a maioria dos alunos já possui habilidade para conduzir veículos pesados, mas possuem ressalvas na área comportamental. “Trabalhamos de forma muito intensa com o comportamento dos novos profissionais. Posso afirmar que a maioria dos nossos colaboradores é admitida pela habilidade técnica, e a maioria é demitida por erros comportamentais.” 

Além de focar no atendimento ao cliente, o treinamento ofertado pela Tomasi Logística também prioriza uma boa relação entre gestores e colaboradores. “Muitos motoristas possuem vícios e outros tantos não sabem lidar com o gestor. E viagens longas exigem um preparo psicológico ainda maior. Estamos sempre atentos a isso e o treinamento serve para corrigir defeitos e detectar motoristas que não se encaixam no perfil da nossa empresa”, reafirma Edi. Por fim, os candidatos passam por novas avaliações e iniciam as viagens de maior distância. De forma gradual, e com acompanhamento inicial.


De aluno a colaborador
O catarinense, Gilson Fernandes é um dos profissionais que se qualificou através da Escola de Motoristas e hoje trabalha na Tomasi Logística.  “Eu trabalhava com um caminhão câmara fria, e realizava apenas pequenos trechos entre RS, SC e PR, sempre naquele ‘bate e volta’. Fiquei sabendo da Escola de Motoristas e procurei a empresa para realizar meu sonho de viajar. Era um sonho que eu alimentava desde criança, graças ao meu pai caminhoneiro”, destaca.

Após estudar e se aprimorar, Gilson conta hoje com a confiança da empresa gaúcha de operações logísticas. Recentemente, a Tomasi Logística adquiriu novos caminhões. E ele foi um dos escolhidos para guiar a nova frota. “Estou muito feliz. E sempre agradeço pela oportunidade”, resume ele, que respondeu aos questionamentos da nossa equipe de reportagem durante uma viagem até o Estado de Goiás. “Estou aqui com o ‘carro novo’, um VW 19360 2020/2021. Já estou com mais de 30 mil quilômetros rodados. E quero seguir conquistando mais e mais experiência, dia após dia”, comenta o motorista que conquistou o sonho de viajar pelo Brasil.  

Como participar
Os motoristas interessados em participar do projeto e que possuem carteira nacional de habilitação (CNH) categoria E, devem encaminhar o currículo para o seguinte E-mail: rh@transtomasi.com.br , destacando no assunto "ESCOLA DE MOTORISTAS".


Postar um comentário

3 Comentários

  1. Boa noite meu nome é Geraldo Lino de Oliveira sou aqui de correntes Pernambuco tenho categoria É,não tenho experiência com caminhão.não tenho vício nem um graças adeus,não tenho problemas com Serasa,spc,Polícia,justiça,tenho facilidade de fazer amizade com todos.

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de saber porque a empresa não q admitir profissionais acima de 50 anos

    ResponderExcluir
  3. ola amigos do trecho meu nome é Wagner tenho 43 anos desde criança sempre fui apaixonado por caminhão é aquele ditado filho de peixe peixinho é amo caminhão até tirei a CNH categoria D e estou na faze final da categoria E para ter um pouco de sorte até tenho experiência como motoristas ja cheguei a fazer o curso mopp mesmo assim não tive sorte meu desejo é ser caminhoneiro como eu tenho absoluta certeza vou ter uma oportunidade caso queira entrar em contato comigo aqui está meu contato 11 980663776 um grande abraço e feliz ano Novo

    ResponderExcluir

Nunca publique suas informações pessoais, como por exemplo, números de telefone, endereço, currículo etc. Propagandas, desrespeito ou ofensas não serão toleradas nos comentários.