Paraná terá curso de reciclagem preventivo para motoristas profissionais

Motoristas profissionais do Paraná já podem fazer o curso de reciclagem preventivo antes de atingir 20 pontos na carteira de habilitação. Assim, o trabalhador evita a suspensão do direito de dirigir, que desde novembro de 2016 é de no mínimo seis meses. A novidade foi anunciada nesta segunda-feira (20) pelo governador Beto Richa e o diretor-geral do Detran, Marcos Traad, em cerimônia no Palácio Iguaçu, em Curitiba.
A medida vale para condutores habilitados nas categorias C, D e E, que possuam a indicação Exerce Atividade Remunerada (EAR). “A intenção é minimizar as perdas dos motoristas profissionais, principalmente os caminhoneiros, motoristas de ônibus e vans que dependem da CNH para trabalhar e para sustentar a família”, disse Richa.
O motorista poderá antecipar as aulas ao somar entre 14 e 19 pontos em infrações, no período de 12 meses. “Ao concluir o curso, o trabalhador terá a pontuação eliminada, mas vai responder pela infração que cometeu. O pagamento da multa será mantido e o curso de reciclagem será apenas adiantado”, explicou Traad.
O Paraná será o segundo estado do Brasil, atrás apenas do Sergipe, a oferecer a possibilidade, que atende ao disposto na Lei Federal 13.281/2016. No Paraná, 347 mil condutores poderão ser beneficiados com a medida.
Para a diretora do Sest Senat (Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte), Juçara Marques de Negreiros, o curso preventivo evita custos para o setor e prejuízos para a economia brasileira. “A iniciativa do Paraná é excelente. Nós vamos divulgar para os empresários e trabalhadores, queremos que todos saibam que têm essa facilidade”, adianta.
O presidente do Sindicato de Caminhoneiros Autônomos, Laertes José de Freitas, lembra que a medida evita que os profissionais fiquem sem renda por meio ano. “O novo período de suspensão é grande e ficar parado significa não ter renda. Quem perde é a esposa, filhos, toda família, porque ele não tem outra fonte de rendimentos”, diz.
Detran tem nova unidade no Pátio de Triagem de Paranaguá
Os caminhoneiros que passam pelo Pátio de Triagem do Porto de Paranaguá agora contam com uma unidade de atendimento do Detran para realizar cursos e serviços, enquanto aguardam a descarga de produtos. Uma parceria entre o Departamento de Trânsito do Paraná e o Porto permitiu a construção de duas novas salas de reciclagem e um espaço para atividades educativas e serviços de habilitação e veículos. “É uma medida importante que vai facilitar ainda mais a vida do motorista”, disse o governador Beto Richa.
“Temos de 5 a 7 mil caminhoneiros por dia dentro do Porto e alguns deles, com certeza, têm problemas na carteira de motorista. Então essa unidade vai facilitar bastante as suas vidas, pois os momentos de descanso e pernoite podem ser usados para fazer cursos”, disse o diretor comercial da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina, Lourenço Fregonese.
Com capacidade de estacionamento para 1.400 caminhões, o Pátio funciona com um sistema de agendamento e permite aos caminhoneiros planejar a viagem e a estadia. Por isso, o Detran vai oferecer aulas de reciclagem modulares, com 1h40 de duração, aos profissionais que queiram fazer o curso preventivamente.
“A intenção é que o motorista inicie o curso em Paranaguá e possa terminá-lo em sua cidade de origem. As aulas serão todas as segundas, terças e sextas-feiras e será possível concluir o módulo de Primeiros Socorros em um único dia”, afirmou o diretor-geral do Detran Marcos Traad.
O espaço também oferta palestras, ações preventivas e atividades de interesse, com participação de profissionais da saúde e representantes da categoria. Há ainda a transmissão via videoconferência do quadro Detran Responde, em que servidores da autarquia conversam com os usuários e tiram dúvidas sobre legislação e procedimentos.
A unidade conta também com um terminal de autoatendimento do Detran, com mais de 20 serviços online e possibilidade de pagamento de guias com cartão de débito multibanco.

PRESENÇAS 
Participaram da solenidade o comandante do BPTran, tenente-coronel Valterci Mattos de Souza; o diretor de Engenharia e Manutenção da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina, Paulinho Dalmaz e o delegado representante junto aos órgãos de trânsito do Setcepar Transporte e Logística, Glênio Marcelo Cogo.
FONTE: Detran PR 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário