Nova geração de caminhões garante lucro recorde à Scania

A Scania divulgou nesta semana o relatório de vendas e receitas dos primeiros noves meses de 2017 (janeiro a setembro), destacando o crescimento recorde das vendas líquidas e ganhos no período. 
Segundo os dados da montadora, de janeiro a setembro de 2017 as vendas líquidas registraram um crescimento de 86,4 bilhões de coroas suecas, 15% a mais que em 2016. Já o lucro operacional chegou a 9.080 milhões de coroas suecas no mesmo período.
Segundo o Presidente e CEO da Scania, Henrik Henriksson, os números positivos dos nove primeiros meses de de 2017 são reflexo da alta demanda pela nova geração de caminhões, responsável por um crescimento de até 27% no número de pedidos. 
Henriksson destacou ainda a retomada das vendas na América Latina, em especial no Brasil. Segundo o presidente o mercado Euroasiático também contribuiu de forma significativa, destaque para países como a China, Irã e Rússia. 
Destaca-se ainda no relatório um crescimento de 2% na comercialização de ônibus em relação ao ano anterior e de 11% em serviços, que obteve um lucro de 17,5 bilhões de coroas suecas. Já o lucro operacional dos serviços financeiros chegaram a 862 milhões de coroas suecas, graças ao baixo nível de perdas de crédito. 
Henriksson revela ainda que os resultados só não foram ainda melhores devido ao alto nível de investimento, maiores custos de produção para a execução de diferentes gamas de produtos e um mix de mercado menos favorável. 
Por fim, o presidente da companhia reafirmou a posição da Scania em relação a decisão da Comissão Européia, que no último mês, aplicou um multa de € 880 milhões à montadora sueca pelo crime de formação de cartel. Segundo Henriksson, a Scania segue contestando a decisão e recorrerá, uma vez que a própria montadora cooperou durante todo o período de investigação.


TEXTO: Lucas Duarte
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário