Retomada do setor demanda motoristas qualificados

Os primeiros sinais da retomada da economia podem ser um bom sinal para os profissionais do setor de transporte. Aos poucos, o mercado vai superando o pessimismo e encontrando alternativas de crescimento. Um estudo recente da NTC&Longística, por exemplo, apontou em enquete recente que 38,7% das companhias do setor pesquisadas estavam com veículos parados. Em janeiro deste ano, o volume chegava a 52,8%.
“Os trabalhadores do setor precisam estar atentos às mudanças da economia. Por isso, mesmo em momentos de crise, precisam buscar qualificação adequada para as exigências do mercado de trabalho”, lembra Thiago Benatti, coordenador de Desenvolvimento Profissional do SEST SENAT São Vicente.
Os cursos do SEST SENAT são referência no mercado. Um estudo mostrou que para 97,2% de condutores de transporte coletivo de passageiros, os treinamentos na instituição contribuíram para a melhoria do desempenho profissional. “Um certificado de um de nossos cursos pode fazer toda a diferença para a contratação do trabalhador”, aponta o coordenador do SEST SENAT São Vicente.
Benatti ressalta ainda que a instituição mantém cursos EaD (Educação à Distância) gratuitos, que também podem ajudar o trabalhador que tem pouca disponibilidade de tempo para frequentar atividades presenciais. “O SEST SENAT tem inclusive cursos além do setor de transporte, que atendem outras demandas das famílias. É uma oportunidade inclusive de gerar ou amentar a renda familiar”. Veja o site: https://ead.sestsenat.org.br/
Sest Senat
O Serviço Social do Transporte (SEST) e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT) são entidades civis, sem fins lucrativos. Criadas em 1993, pela Lei 8.706, a partir de um processo de conscientização do setor e de entidades sindicais. As instituições têm se firmado como substanciais colaboradoras para o desenvolvimento do setor de transporte do país, atuando na formação e na qualificação de profissionais para o mercado.
Para a preparação, a promoção do emprego e renda e, acima de tudo, o sucesso profissional dos trabalhadores, as entidades oferecem cursos e serviços especializados, garantindo maior capacitação e acesso ao mercado de trabalho.
A assistência ao trabalhador prioriza, ainda, na área de saúde, esporte, lazer e cultura, a prevenção de doenças, a promoção e a preservação das condições saudáveis dos indivíduos, o bem-estar físico e mental e a inclusão e integração do indivíduo na sociedade.
FONTE: Sest Senat 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário