Sada inaugura pátio para cegonheiros em Goiana

Operadora logística que contrata os caminhões cegonha para a Fábrica da Jeep, a Sada Transportes e Armazenagem S/A inaugura um pátio logístico em Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, nesta terça-feira (19). A ideia é disponibilizar o espaço, que recebeu investimentos da ordem de R$ 120 milhões, como um centro de apoio para os cegonheiros que transportam os carros produzidos no Estado. 
Na ocasião, a Sada comentou também os protestos de cegonheiros no Recife - os motoristas passaram um mês estacionados em ruas como protesto por falta de oportunidades de trabalho e cerca de 35 deles continuam parados na frente da Fábrica da Jeep. A categoria se diz preterida por trabalhadores de outros estados, quando a promessa era, à época da inauguração da fábrica, de priorizar mão-de-obra pernambucana para transportar os carros da Jeep. Atualmente são 600 cegonheiros pernambucanos mais 30 contratados na Sada. E a empresa garante que o percentual firmado com a FCA está sendo cumprido. "Aqui temos hoje 95% dos nossos contratados diretos são de Goiana. De Minas Gerais só tem um, o gerente", disse o presidente da Sada, Vittorio Medioli. 
"O compromisso que firmamos com a FCA foi de gerar o máximo de progresso possível e contratar o maior número de pessoas possível no entorno da fábrica", disse.
Chamado de Complexo Goiana, o pátio fica a seis quilômetros da Fábrica da Jeep e tem capacidade para receber 140 caminhões cegonha nos seus 134 mil metros quadrados. Este é o primeiro pátio logístico construído pela Sada em Pernambuco, mas outro empreendimento deste tipo pode ser construído no próximo ano em Ipojuca, perto do Porto de Suape, caso haja necessidade de mais apoio para as exportações dos carros da Jeep. Segundo a empresa, este segundo pátio já tem terreno adquirido e deve ser das mesmas dimensões que o de Goiana. 
Ainda de acordo com a empresa, que tem sede em Minas Gerais, o complexo de Goiana é uma espécie de cidade dormitório que conta com estacionamento, área de manutenção, restaurante, dormitório, vestiário, área de lazer e suporte psicológico. O espaço é necessário porque os cegonheiros não tinham um espaço para aguardar os carregamentos e descansar entre as viagens e, por isso, ficavam com os caminhões no pátio da Fábrica da Jeep.

 Receba por Email

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário