Ônibus elétrico americano percorre 1700 km e bate recorde mundial de autonomia

A Proterra anunciou que estabeleceu um recorde mundial para dirigir a maior distância já percorrida por um veículo elétrico com uma única carga de bateria, em testes realizados no Navistar Proving Grounds em New Carlisle, Indiana. O modelo batizado de Catalyst E2 Max da Proterra, de 12 metros, rodou 1772km este mês com 660 kWh de capacidade de armazenamento de energia.
Nos últimos três anos consecutivos, a Proterra demonstrou grande evolução no desempenho do sistema e na bateria. Em setembro passado, a Proterra rodou 970km com 440kWh de armazenamento de energia e, em 2015, rodou 415km com 257kWh de armazenamento de energia em uma única carga. A faixa recorde mundial deste ano marca melhorias de desempenho excepcionais ao longo de anos anteriores, e ressalta a evolução da Proterra com a inovação, acelerando a perspectiva na adoção em massa de veículos elétricos pesados.
"Para o nosso ônibus elétrico pesado quebrar o recorde mundial anterior de autonomia de 1.632km - atingido por um automóvel,  46 vezes mais leve do que o Catalyst E2 Max - é uma grande façanha", disse Matt Horton, o diretor comercial da Proterra. "Esta conquista recorde é um testemunho do projeto de ônibus elétrico proposto pela Proterra, baterias densas de energia e sistema de tração eficiente". 
Além de atender aos requisitos de alcance das agências de trânsito, o Catalyst E2 Max está preparado para causar um impacto significativo no mercado de trânsito devido ao baixo custo operacional por quilômetro rodado em comparação com os ônibus convencionais movidos a combustíveis fósseis. De acordo com a Bloomberg New Energy Finance, os preços das baterias de íon de lítio caíram cerca de 72% desde 2010, e a economia de baterias continua a melhorar. Entre a economia de custos da bateria li-ion e a melhoria da eficiência do veículo, os veículos elétricos representam o modo de transporte com grante potencial hoje. 
"Impulsionado pela melhor economia de custos por quilometragem, acreditamos que as possibilidades no negócio para ônibus elétricos de serviço pesado é superior a todas as outras aplicações e que o mercado de transporte de passageiros será o primeiro a mudar completamente para veículos com energia elétrica de bateria" disse Ryan Popple, CEO da Proterra. "compradores precores de ônibus elétricos como o nosso primeiro cliente, o Foothill Transit, abriram o caminho para futuras aplicações pesadas, como automóveis e caminhões comerciais leves. À medida que vemos os operadores tradicionais e mais empresas entrarem no mercado de veículos pesados, tornou-se muito evidente que o futuro é todo eletrico". 
FONTE: Divulgação 

 Receba por Email

Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário