Justiça de Pernambuco determina retirada de caminhões-cegonha da BR-101 Norte

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) determinou, através de liminar, a saída dos caminhões-cegonha da BR-101 Norte. Os veículos foram estacionados em frente à fábrica da Jeep, em Goiana, na Zona da Mata Norte do estado, desde a segunda-feira (28) como forma de protesto contra a contratação de motoristas de outros estados. Antes da rodovia federal, os caminhões estiveram estacionados na Avenida Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, e no Centro da capital pernambucana.
De acordo com o processo, a liminar foi expedida na quarta (30) e, segundo o TJPE, foi recebida para cumprimento na quinta (31) e nesta sexta (1º). Procurado pelo G1, o Sindicato dos Trabalhadores Autônomos e Microempresas de Veículos e Congêneres de Pernambuco (Sintraveic-PE) informou que a decisão judicial não se aplica aos associados à organização. “Esse movimento é realizado por pessoas que não fazem parte do sindicato”, afirmou o presidente da entidade, Luciano Pontes.
Apesar de José Milton de Freitas, que também se diz presidente do Sintraveic, ser apontado como um dos réus no processo, o advogado Héracles Marconi, responsável por sua defesa, contesta a determinação judicial. “Se os caminhões estão na BR-101, essa liminar deveria ter sido expedida pela Justiça Federal”, pontuou.
De acordo com o Poder Judiciário, a determinação foi emitida pela Comarca de Goiana. O G1 procurou o TJPE para repercutir o caso e aguarda resposta do órgão.
Entenda o caso
A mobilização dos cegonheiros teve início em 31 de julho e causou transtornos no trânsito do Centro do Recife e da Zona Sul, devido aos caminhões-cegonha estacionados em vias de grande circulação de veículos. Antes da determinação da Justiça para que os veículos fossem retirados da área central da cidade, eles estavam estacionados nos arredores da Praça da República, na Avenida Martins de Barros, na Rua do Imperador, no Cais de Santa Rita e nas Pontes Maurício de Nassau, Buarque de Macedo e Princesa Isabel.
Ao serem retirados do Centro, os caminhões foram estacionados na orla de Boa Viagem e de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife (RMR). No dia 24 de agosto, o TJPE determinou, novamente, a retirada dos veículos, que passaram a ficar estacionados na BR-101 Norte desde a segunda-feira (28).
O protesto é motivado por uma disputa por liderança no sindicato que representa a categoria, cujo comando é requisitado por dois grupos. Um deles, o Sintraveic-PE, tem sede em Goiana, na Mata Norte de Pernambuco. O outro fica em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, e teve origem em Minas Gerais.
FONTE: G1 
Compartilhe no Google Plus
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário